ACESSE AQUI INFORMAÇÕES SOBRE O MEU TRABALHO E SESSÕES DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO

Meditação para exercer o Perdão











"O perdão 
é a fragrância 
que a violeta derrama 
sobre o calcanhar de quem a esmagou."

Mark Twain



"Todas as vezes que você perdoa, 
o universo muda.
Cada vez que você 
estende a mão e toca um coração, 
o mundo se transforma."

William P. Young

in 'A Cabana'



"Perdoa agora, 
hoje e amanhã, 
incondicionalmente. 
Recorda 
que todas as criaturas 
trazem consigo 
as imperfeições e fraquezas 
que lhe são peculiares, 
tanto quanto, 
ainda desajustados, 
trazemos também as nossas."

Chico Xavier



“Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.” 

Quando você diz “Sinto muito” você reconhece que algo 
(não importa se saber o que) penetrou no seu sistema corpo/mente. 
Você quer o perdão interior pelo o que lhe trouxe aquilo.
Ao dizer “Me perdoe” você não está pedindo a Deus para te perdoar, 
você está pedindo a Deus para te ajudar se perdoar.
“Te amo” transmuta a energia bloqueada (que é o problema) 
em energia fluindo, religa você ao Divino.
“Sou grato” é a sua expressão de gratidão, 
sua fé que tudo será resolvido para o bem maior de todos envolvidos.

Dr. Ihaleakala Hew Len
Ho’oponopono




"Temos que aprender a soltar a bagagem emocional velha 
que nos impede de ser capazes de receber e seguir em frente na vida.
 We must learn to let go of old emotional baggage 
that prevents us from being able to receive and move forward in life. 
Quando você perdoar totalmente você estará preparado a aprender 
com a experiência e assumir a responsabilidade por sua parte nela.
When you forgive fully you are then able to learn 
from the experience and take responsibility for your part in it. " 

Christine Day





*************************************

Meditação para exercer o Perdão




O que é o perdão?


Perdão é permitir que a paz interior 
seja seu único objetivo.


O perdão é uma escolha, e 
você não é obrigado a perdoar 
ou a acreditar que o perdão é possível.
Só depende de você!


Perdoar não é esquecer,

perdoar é,
tão somente,
não permitir que a amargura
ou o espírito de vingança
detenham a última palavra
e determinem o rumo da sua vida.


Perdoar é se libertar das amarras do passado

e virar a página
para começar a escrever outras páginas...
Outros capítulos, outro livro...


No exercício do perdão

o maior beneficiado
é quem perdoa,
e, não, quem é o(a) perdoado(a),
porque quando você perdoa
você deixa de carregar,
de arrastar e
de se machucar
cada vez que se recorda
do que, como, porque, etc.
aconteceu esse ou aquele fato ou situação
com esta ou aquela pessoa.


Você pode conquistar e exercer o perdão,
e, também, o auto perdão,
se este for o seu caso,
através da meditação 
que é, simplesmente,
ter uma mente pacífica
ou através da visualização criativa.



Experimente!

Um exercício de visualização
que você pode fazer é
visualizar-se em uma caminhada montanha acima, 
até você chegar à beira de um lago tão claro e puro 
que seja possível ver o fundo do lago,
com águas límpidas e calmas,
e, então, deixe que esta imagem 
ou outra parecida e de sua preferência,
que pode ser também
uma cachoeira, o mar, um rio, uma montanha...
 seja o seu símbolo para uma mente pacífica.


Uma mente pacífica é
o nosso estado natural de ser,
e, nesse lugar de paz,
ressoa a tranquilidade, 
a quietude,
o silêncio,
a alegria e
a amorosidade.



E meditação?

Meditação é um estado de ser, 
um estado de consciência alerta, 
uma experiência de estar em si,
estar consigo, 
algo muito pessoal. 


E a melhor forma de conhecer 
a meditação ou o estado meditativo 
é vivenciando e praticando.  


O estado meditativo
que é natural,
pode ser alcançado
por você ou qualquer pessoa,
sem estresse, alerta, 
desperto(a), presente, atento(a) e
aberto(a) à experiência.



O benefício e o resultado da meditação é vivencial
e o propósito ou a essência da meditação é:

* alinhamento dos corpos físico e sutis,

* harmonização dos corpos físico e sutis,

* harmonização dos chacras ( centros 'chi' de energia ),

* harmonização e encontro com a mente neutra 
( aquela onde está a percepção,
a criatividade, a intuição,
e também aquela mente 
que nos sintoniza com a paz e a serenidade
- o encontro com a alma, as Forças da Criação
e o mundo das ideias ou Deus - ).



Observe que
a plenitude emocional e também espiritual
 não está na eliminação dos desafios, 
ou na chegada ao ' pote do ouro ' no final do arco íris,
( algo que você busca como meta: 
tal como um relacionamento, 
uma casa, uma viagem, 
um emprego, um filho, dinheiro, etc.).

E sim, na capacidade de entrar em contato, 
através da meditação, 
em estados mais elevados de consciência 
e perceber a vida por um novo portal de entendimento,
através da Consciência!


Deixe seu coração ajudá-lo a decidir sobre o perdão!


Observe...

Sem julgamentos...
Sem culpas...
Sem amarras...
Sem pressão...
Sem conjecturas...


Vamos à meditação?



Sente-se confortavelmente em uma poltrona.

Coloque o foco da sua atenção na respiração
(dessa maneira o Ego cede espaço para
a manifestação do seu Eu Interior).

Feche gentilmente os olhos.

Se quiser poderá escutar uma música.

Sinta o ar entrar e sair dos pulmões.


Respire... E deixe ir todos os pensamentos...

Aos poucos vá se acalmando...

E entrando em contato com a quietude interior.

Entrando em contato com o seu centro de paz...


Respire...

Se vierem pensamentos, questionamentos...

Não brigue com eles... Só deixe ir...



Observe e responda essas questões:

* Você está aberto à possibilidade 
de mudar suas crenças sobre o perdão?

* Você consegue escolher ser feliz
ao invés de estar "certo"?

* Você tem condições de deixar ir embora 
a condição de vítima?

* Você consegue pensar 
que você não é apenas um corpo, 
mas sim um ser espiritual 
vivendo temporariamente em um corpo físico?

* Você consegue vislumbrar
a possibilidade de viver a vida em paz?

* Você consegue se colocar como observador
e olhar para tudo e para todos que encontrar 
como potenciais 'professores' de perdão?

* Você consegue observar 
que conservar mágoa, raiva e pensamentos rancorosos 
é o caminho para o seu sofrimento?

* Você consegue reconhecer 
que qualquer dor emocional 
que você sinta neste momento 
é provocada apenas 
pelos seus próprios pensamentos?

* Você consegue reconhecer que tal pessoa

fez isso ou aquilo que o magoou 1 vez,
mas que você já reproduziu a mesma cena
na sua cabeça mais de 500 vezes e
está sofrendo não só 1 vez, mas 500 vezes?

* Você consegue acreditar 
que você tem o poder de escolher os pensamentos 
que põe em sua mente diariamente?

* Você acredita que não existe valor nenhum 
em punir-se, julgar-se e auto sabotar-se?

* Você consegue observar que
ao invés de ver as pessoas como se o estivessem atacando, 
ver que essas pessoas são ou estão amedrontadas 
e gritando por amor?

* Você acredita que é melhor para você 
tomar decisões baseadas no medo
ou no amor?

* Você acredita que você merece ser feliz?

* Você consegue compreender 
que o propósito do perdão 
não é mudar as outras pessoas, 
mas mudar os pensamentos e sentimentos conflituosos
que estão em você mesmo?



Respire...

Se vierem pensamentos, questionamentos...

Não brigue com eles... Só deixe ir...




E cada vez mais entre em contato, através da respiração,
com o seu centro de paz interior.


Fácil?

Não, não é.

Mas, com a prática da meditação,
dia a dia, vamos melhorando cada vez mais.



Agora pense numa pessoa, situação ou acontecimento
que você quer perdoar:

Sinta essa situação, acontecimento ou fato,
perceba como o seu corpo físico vibra com essa lembrança,
entre em contato com essa sensação e
continue respirando...

Agora, solte essa situação...
coloque o que aconteceu (a cena) dentro de um balão
solte esse balão no céu...

Veja esse balão desaparecendo, pouco a pouco,
até sumir completamente
e você só enxergar o lindo céu azul...

Este é o perdão...

Solte...

Soltou?

E agora, apenas sinta a gratidão vibrando em você!



Se precisar repetir esse exercício do balão,

não se critique ou julgue,
apenas refaça,
quantas vezes forem necessárias
até que seu coração fique em paz
e você se sinta leve.

É libertador.


Experimente!



O perdão é um processo mental ou espiritual 
de cessar o sentimento de ressentimento ou raiva 
contra outra pessoa ou contra si mesmo,
no caso do auto perdão,
decorrente de uma ofensa recebida, 
diferenças, erros ou fracassos, 
e, consequentemente,
de cessar a exigência de castigo ou restituição.


O perdão é o sentimento da pessoa que perdoa,
e é normalmente concedido 
sem qualquer expectativa de compensação,
e pode ocorrer sem que o perdoado tome conhecimento.
O perdão interessa para você.


O perdão pode vir, também, através da oferta 
de alguma forma de desculpa ou restituição, 
ou mesmo de um pedido de perdão, 
dirigido ao ofendido,
por acreditar que ele é capaz de perdoar,
se assim for a melhor maneira para você.

Escolha qual é a melhor forma para você.


No perdão há o esquecimento completo e absoluto das ofensas,
ou seja lá qual for o contexto da sua história.

E lembre-se que o perdão vem do coração, 
é sincero, generoso, tranquilo e
não fere o amor próprio
e não impõe condições humilhantes, 
tampouco é motivado por orgulho ou ostentação. 

O verdadeiro perdão se reconhece 
pelo(s) ato(s) e não pela(s) palavra(s).


E, agora com o perdão de coração...
vem a gratidão...

Gratidão!


Respire essa gratidão:

Essa gratidão tem uma cor?
Sim! Respire essa cor e se deixe preencher com essa cor...

Essa gratidão tem um aroma?
Sim! Respire esse aroma e se deixe preencher por esse aroma...

Essa gratidão tem uma textura?
Sim! Respire e sinta essa textura...

Essa gratidão tem um símbolo?

Sim! Respire e visualize ou perceba esse símbolo...

Você pode desenhar esse símbolo de gratidão

com a cor e a textura que escolheu e
pingar uma gotinha de óleo essencial
do aroma ou fragrância ou perfume
de sua preferência.

Deixe num local visível e
se reconecte com a gratidão
sempre que quiser.

Simples assim.


Gratidão por você em paz!



Permaneça respirando por algum tempo
- o tempo que for suficiente para você -
se apropriar da gratidão, através de todas essas
sensações, e através da cor, do aroma e do símbolo.


A meditação ou estado meditativo propõe 
que um dia este estado de plenitude 
esteja instalado durante um dia inteiro para você,
e, então, nesse momento,
o estado de gratidão acontece
e, tudo o que acontece a sua volta 
estará sendo sentido, percebido, recebido e apreciado 
para poder ser vivido, transformado, otimizado e resolvido!


Permaneça nesse estado de perdão!

Permaneça nesse estado de bem-estar, paz e gratidão!


É bom você se lembrar que 
o que você vê de errado em outra pessoa
também existe em você,
porque Somos Todos Um.

Portanto, perdoar é uma auto cura,
e à medida em que você melhora o mundo também melhora. 


E experimente um dia diferente 
preenchido por essa sensação 
e estado de paz e felicidade de estar consigo,
e de observar os pensamentos 
e sentimentos com Consciência,
por tudo que você é, que você está e que você tem
exatamente como foi e é!


Simples assim!


Paz!



Boa meditação!


Gratidão!


Por Sandrah Belleza Novelli



Acesse também:


Meditação para conexão com a Gratidão






Meditação para conexão com o Silêncio Interno







Meditação para transformar a Raiva ou o Ódio







Meditação para praticar o Desapego











TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL



http://www.sandrahbellezanovelli.com/p/terapeuta-de-frequencia-vibracional.html 



+55 (11) 96431-1500 Tim / WhatsApp 



Estou à disposição para atender você! 

Aguardo o seu contato. 

Com carinho,
Sandrah