ACESSE AQUI INFORMAÇÕES SOBRE O MEU TRABALHO E SESSÕES DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO

A Frequência Vibracional do Ego Por Sandrah Belleza Novelli








A Frequência Vibracional do Ego



Vamos começar com uma pergunta que diz respeito à frequência vibracional do ego. Por que o ego interpreta papéis? O ego interpreta vários papéis ao longo das nossas vidas em razão de um pensamento inconsciente, ou seja, que você não tem, ainda, consciência. Como exemplo: 'Eu não sou bom(boa) o suficiente ou o bastante porque...' e, a esse pensamento se seguem outros, como 'Eu tenho que interpretar um papel, e o faço na maioria das vezes inconscientemente, para conseguir o que é necessário para me completar em determinado setor da minha vida...', 'Eu preciso disso ou daquilo (algo material) ou eu preciso obter mais (algo emocional) para ser mais...'.  E outras causas da interpretação de papéis ou utilização de máscaras no dia a dia são por um pressuposto não questionado ou também por um erro fundamental da nossa estrutura como Ser. No entanto, não podemos ser mais do que somos porque, por baixo da superfície da nossa forma física, emocional, psicológica e mental, somos um só com a Vida em si mesma, com o nosso Ser Interior, a nossa Alma, a nossa Essência, ou seja qual for a descrição com que você compreende e interpreta isso. Conforme uma interpretação equivocada e errônea da manifestação do nosso ego, podemos supor que na forma ou na imagem, somos e seremos sempre inferiores a algumas pessoas e superiores a outras. Mas, no nosso Ser verdadeiro, no nosso Ser Interior, na Essência, na Alma não somos inferiores nem superiores a ninguém, simplesmente somos. O ego é parte da personalidade humana, bem como o instinto, e eles têm uma função de existir e vibrar em nós, e a autoestima em equilíbrio e harmonia e a essência autêntica surgem dessa compreensão. Aos olhos do ego, a autoestima e a essência são contraditórias, mas na verdade, elas são uma só coisa e a mesma vibração frequencial.



No decorrer de nossas vidas, fazer o que é exigido de nós, em qualquer situação, sem que isso se torne um papel com o qual nos identificamos, é uma lição essencial na arte de viver, que todos nós estamos aqui para aprender. Observe, com consciência, que somos mais eficazes no que quer que façamos quando executamos a ação em benefício dela mesma, e não como um meio para proteger e/ou acentuar a identidade do desempenho de um papel ou de uma máscara. Todo papel é uma percepção fictícia do eu e, por meio dele, tudo se torna personalizado e assim corrompido e distorcido pelo que é identificado como 'pequeno eu' criado pela mente, seja qual for a função que este esteja desempenhando, bem como as máscaras. Como exemplo é possível observar que quase todas as pessoas em posições de poder, como políticos, celebridades e líderes empresariais e religiosos, se encontram inteiramente identificadas com seu papel, com raras exceções, essas pessoas podem ser consideradas superiores ou vip, mas não são mais do que participantes inconscientes do jogo do ego, que, apesar de parecerem muito importantes, não apresentam, em última análise, um propósito verdadeiro.



Pense na seguinte questão, se o conflito do ego tem de fato um propósito, este propósito é indireto, pois ele cria cada vez mais sofrimento neste mundo, e o sofrimento, embora produzido em sua maior parte pelo ego, no fim também o destrói.



Nos tempos atuais e neste mundo de personalidades que interpretam papéis e se utilizam de máscaras, as poucas pessoas que não projetam uma imagem criada pela mente e que agem em ressonância e sintonia com o âmago do seu Ser, aquelas que não tentam parecer mais ou menos do que realmente são, se sobressaem naturalmente e se destacam como admiráveis e, consequentemente, são as únicas que fazem verdadeiramente a diferença no mundo, deixam um legado. Essas pessoas são os verdadeiros mensageiros da nova consciência, de uma nova etapa de evolução, da construção de uma nova vibração de evolução planetária e humanitária. Qualquer coisa que essas pessoas façam se torna importante porque está alinhada com o propósito do todo, com um propósito maior. Qualquer coisa. O simples fato de existir e estar nesse Planeta já é essencial, não há a necessidade específica de uma profissão, uma religião, uma raça, uma língua, uma cultura, uma cor, um gênero específico, é simplesmente uma condição vibratória do Ser, do Ser Interior, do Ser Consciente. Contudo, há um aspecto de frequência vibracional muito interessante sobre essas pessoas, algo invisível, algo não tangível, algo espiritualmente de maior grandeza, a influência vibracional dessas pessoas vai muito além do que realizam e da sua atividade porque a sua simples presença natural reverbera e tem um efeito transformador sobre qualquer um que tenha contato com elas. Isso não é sensacional? Pense sobre isso.



Quando não interpretamos papéis ou não usamos máscaras é porque que não há o ego no que estamos fazendo. E como posso saber isso sobre mim? Uma resposta simples é: quando não existem intenções ocultas, ou quando não há necessidade de proteção atrás de uma máscara, ou quando não se utiliza do engrandecimento e também do falso fortalecimento do eu.



Observe que, em harmonia com o nosso Ser Interior, nossos pensamentos, sentimentos, emoções e ações têm uma força frequencial que se expande muito maior. Quando você fica, por exemplo, totalmente concentrado na situação, e se torna, por consequência, um só com ela. Você já passou por essa experiência? Nesses momentos você não procura ser alguém diferente do que realmente é, simples assim. Nesses momentos em que somos nós mesmos, passamos a ser mais capazes, mais eficazes e mais eficientes. Todavia, observe uma advertência importante: não devemos tentar ser nós mesmos, pois essa tentativa já é a interpretação de outro papel, compreende? O que eu estou falando é do 'eu natural', do ' eu espontâneo',  do 'eu verdadeiro', aquele que simplesmente é. Assim que você busca ser isso ou aquilo, já está interpretando um papel ou vestindo uma máscara com a vibração do ego.



E como posso tirar uma conclusão se estou vibrando na frequência vibratória do ego? 'Apenas seja você mesmo' é um bom conselho, no entanto, também pode ser enganador, como já expliquei acima. Cuidado com as armadilhas do ego. Pode acontecer que nessa situação a mente diga: 'Vejamos... Como posso ser eu mesmo?'. E, depois, desenvolverá uma estratégia do tipo: 'Como ser eu mesmo', e o que é isso: outro papel, outra máscara. Então, 'Como posso ser eu mesmo?' é, na verdade, a pergunta errada. Ela pressupõe que temos que fazer algo para sermos nós mesmos. E então, qual é a solução? O questionamento 'como' não se aplica a esse caso porque já somos nós mesmos. Precisamos apenas parar de acrescentar elementos desnecessários a quem já somos. E, se a sua pergunta, agora, nesse momento for: 'Mas eu não sei quem sou, eu ignoro o que significa ser eu mesmo'. E é aí que eu posso ajudar você como TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL ( http://www.sandrahbellezanovelli.com/p/terapeuta-de-frequencia-vibracional.html ). Quando você conseguir se sentir à vontade em não saber quem é, então, o que sobra é quem você realmente é, o Ser por trás do humano, um campo de pura potencialidade, ao invés de alguma descrição que já está definida ou pré determinada. Portanto, desista de se definir através do ego para si mesmo e para os outros. Com essa simples atitude você não morrerá, você nascerá. E não se preocupe com a definição que os outros lhe dão. Quando uma pessoa o define, ela está se limitando, ela está interpretando você através da visão dela mesma, como disse Anaïs Nin: 'Não vemos as coisas como elas são, vemos as coisas como nós somos'.



Mas... agora vem a pergunta de um milhão de dólares... E quando é que o ego tem função positiva? O ego faz parte da sua personalidade, de você, da nossa estrutura como seres humanos. E o ego por si só não é positivo ou negativo, e sim o uso ou a expressão que você faz dele, aquilo que você deixa vibrar, seja consciente ou inconscientemente. E o que é mais interessante é que você pode usar o ego a seu favor e não contra você, basta ter Consciência. A chave que abre todos esses mistérios, dúvidas, interpretações e problemas do dia a dia é a Consciência.



Estou à disposição para atender você.

Aguardo o seu contato.

Com carinho,

Sandrah







TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL




* C O N T A T O *







+55 (11) 964-311-500 Tim / WhatsApp






* * * ATENDIMENTO TERAPÊUTICO * * *





SESSÕES DE ATENDIMENTO POR TELEFONE





SESSÃO DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO
QUANTIDADE E DURAÇÃO







ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS:



' Conexão com seu Ser Interior para
Harmonizar, Equilibrar e Potencializar
a sua Frequência Vibracional ® '


' Reflexão através da Consciência
com Atendimento Personalizado e Especial para Você ® ' ,


' Meditação através da Consciência Personalizada e
Especial para Você ®' , 


' Integração entre Feminino e Masculino e
Reencontro com a Criança Interior ® ' ,


' Integração entre Feminino e Masculino e
Portal de Abertura para o Futuro ® ' ,


' Radiestesia e Radiônica
com Ênfase em Frequência Vibracional ® ' ,


' Harmonia Frequencial e Cura Vibracional ® ' ,


' Meditação *Banho de Luzes* Personalizada e
Especial para Você ® ' , 


' Projeto Compartilhar ® -
Sessão Gratuita
de Atendimento Terapêutico por Telefone ' ,


' Identificação e Cura dos Arquétipos
de Pai e Mãe em Você
com Ênfase em Frequência Vibracional ® ' ,


' Teia Cósmica Multidimensional ® '





ATENDIMENTOS EM GRUPO:




' Harmonia Frequencial e Cura Vibracional ®' ,


' Curso Alcançando o Bem-estar através da Consciência ® ' ,


' Curso de Iniciação * Os 24 Raios Cósmicos * ® ' ,


' Mini Curso * Conexão com seu Anjo de Guarda* ,
* Conexão com seu Animal de Poder * e
* Conexão com seu Mestre Mentor e/ou Mestre de Cura * ® ' ,


' Curso de Autocura pela Frequência Vibracional ® ' ,




Até breve!

Sandrah