ACESSE AQUI INFORMAÇÕES SOBRE O MEU TRABALHO E SESSÕES DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO

COVID Momento de Transformação Humanitária e Planetária









Momento de Transformação 
Humanitária e Planetária



COVID-19 / Coronavírus







Muitas pessoas estão entrando em contato e perguntando qual é a minha visão sobre a pandemia de coronavírus que está se alastrando no mundo e circulando o Planeta Terra, e que literalmente, parou o mundo, então resolvi deixar aqui uma posição sob a ótica da espiritualidade,  e assim, espero contribuir e ajudar a acalmar as frequências de medo, falta de paz no presente e incerteza no futuro que se espalharam com tanta rapidez, pois é uma doença viral que atinge à por todos, sejam homens ou mulheres, ricos ou pobres, brancos ou negros, famosos ou anônimos, nobres ou plebeus, céticos ou teístas, jovens ou idosos, dos sete Continentes.



O texto é longo... mas, já que todos estão em casa, espero que cada um de nós possa aproveitar essa jornada para sair dela melhor do que entramos, e que possamos todos contribuir com a corrente de conexão humana necessária nesse momento de hiato de dificuldade no mundo, mas que vai passar, tudo tem começo meio e fim, e esse ciclo que se iniciou vai finalizar, e a espiral da evolução vai continuar o seu caminho.



A primeira e grande pergunta que todos devem estar se fazendo é: ''Porque estar encarnado aqui neste Planeta Terra, neste momento de transformação?'' E a resposta já vem incluída na própria pergunta: para uma transformação. E, indo um pouco mais profundo, para a nossa evolução. Para a evolução de todos os Seres, desde os minerais, vegetais, animais, até nós, humanos. Evoluir é o nosso propósito. E o Planeta Terra, Gaia como um Ser, também está em evolução. Há um propósito em tudo!



Esse momento de evolução individual e coletiva é um período para reflexão de cada Ser em sua Consciência, sobre questões consideravelmente importantes. Esse vírus veio para fazer a humanidade refletir sobre muitos temas importantes: medo, indecisão, intolerância, desânimo, apatia, pessimismo, instabilidade, fanatismo, fragilidade, ignorância, alienação, fraqueza de caráter, pragmatismo, reacionarismo, pedantismo, euforia, hostilidade, limitação, histeria, rigidez, fixação, intelectualismo, prepotência, destruição, tirania, volubilidade, intempestividade, luxúria, sentimentalismo, efemeridade, instintividade, loucura, omissão, desligamento, apego e tantos outros aspectos de vibração de baixa ou de alta frequência em desequilíbrio, para podermos, como humanidade, buscar o equilíbrio, começando individualmente, e depois, de maneira constante, progressiva, ordeira e ininterrupta coletivamente passarmos para uma vibração mais harmônica de equilíbrio com sentimentos de: ânimo, disposição, otimismo, estabilidade, estrutura, flexibilidade, conhecimento, informação, organização, generosidade, integração, crescimento, transformação, metamorfose, maturidade, criação, criatividade, humanismo, plenitude, elevação, ascensão, união, consciência e evolução. Mais do que simplesmente lavar as mãos com frequência, a humanidade vai precisar lavar a alma, o espírito, o coração, a mente, os sentimentos, os pensamentos e as ações para a reorganização, reconstrução, reequilíbrio, reestruturação, requalificação e renovação para cada Ser Individual ( cada um de nós ), e consequentemente, o Ser Coletivo ( a humanidade ) em harmonia e equilíbrio com o processo evolutivo.



Esse vírus trouxe à tona uma calamidade, uma epidemia, uma pandemia, que vai instigar a capacidade de cada indivíduo de manter-se em equilíbrio físico, emocional, mental e espiritual, diante de um momento de transformação de todas as estruturas habituais e já conhecidas, onde cada Ser Humano, cada habitante do globo terrestre, terá que vislumbrar uma nova etapa sob o prisma da união, da responsabilidade e do respeito à todos os Seres e aos diferentes padrões de: gênero, credo, raça, etnia, idade, nacionalidade, cultura, religião, língua, filosofia de vida, hábitos e comportamentos, de diferentes povos e nações e ao mesmo tempo compreendendo a grandiosidade de sermos uma só Humanidade, habitantes do Planeta Terra.



Várias perguntas e dúvidas estão vibrando no ar, no cosmos e no Planeta, aguardando por respostas, tanto individuais quanto coletivas, tanto de você, quanto das pessoas da sua cidade, do seu estado, do seu país, do seu continente e do mundo como um todo, seja em qualquer lugar que você esteja desse Planeta. Há de ser esse momento, além de um momento em termos profundos de transformação da Consciência Planetária, também um momento único e especial de oportunidade para a transformação de Despertar da Consciência de cada Indivíduo, do Si Mesmo(a), para a Expansão da Consciência Individual e, consequentemente Coletiva,  além da Consciência Cósmica.



E são inúmeras perguntas... Onde, quando, como e porquê perdemos a nossa capacidade inata de amar ao próximo como a nós mesmos? Qual a grande lição de sabedoria para ser tirada desse momento e sob essas circunstâncias atuais que transformaram as fronteiras de nações antes defendidas por guerras bélicas em nações abaladas agora por minúsculas gotículas de saliva? Em quanto, proporcionalmente, os políticos e líderes mundiais terão suas consciências transformadas depois dessa grande lição, e quais serão suas prioridades à partir de agora e também seus pontos de vista com relação à serem representantes do povo que os escolheu? Quando vai terminar esse ciclo de pandemia no mundo que está fazendo uma metamorfose nas estruturas habituais e conhecidas, e vibrando para que a 'luz' da lucidez se sobreponha à insanidade da 'sombra'? Como será o futuro de todas as nações após a passagem dessa pandemia em termos econômicos e sociais? Qual ou quais são os 'medicamentos' necessários, além do remédio e da vacina que vão ser pesquisados e descobertos pelos cientistas para o coronavírus, para outras enfermidades que assolam a humanidade atualmente, como por exemplo, o vírus do egoísmo, o vírus do individualismo, o vírus do racismo, o vírus da corrupção e/ou o vírus da falta de humanidade, empatia, solidariedade e compaixão em questões humanitárias em geral? Como esse momento decisivo de desafio para a Humanidade pode impactar através dos opostos que estamos todos vivendo entre o afastamento físico das pessoas, e a possibilidade do sofrimento e da dor causados com a pandemia poder vir a proporcionar uma maior aproximação de todos os povos, todas as nações, todos os continentes em colaboração mútua através da ciência, da medicina, das artes, e outros aspectos em benefício mundial? Quais serão as prioridades de cada Ser Humano após essa etapa com relação a questões como família, saúde, trabalho, dinheiro, carreira e, sobretudo, espiritualidade? Quantos dos Seres Humanos habitantes desse Planeta terão a oportunidade maravilhosa de despertar, elevar e expandir as suas Consciências? Qual será o grau de união e de colaboração efetiva e eficaz entre todas as nações mundiais após essa pandemia nos diversos aspectos e princípios de uma sociedade? Quão efetivas e constantes serão as manifestações de solidariedade, empatia e compaixão ao redor do mundo durante e após a pandemia? Onde encontrar todas as respostas que tanto buscamos para a plenitude de nossa existência individual, humanitária e planetária após a passagem de mais esse duro ciclo de aprendizado e experiência da espiral evolutiva? Fique tranquilo(a), pois todas essas perguntas e outras, a seu tempo, serão respondidas, coordenadas por um Plano de Inteligência Superior.



Observo que a maioria das pessoas, tendo que ficar em suas casas por recomendação sanitária para evitar a propagação da doença, estão entrando em surto, lidando com suas angústias e ansiedades mais profundas e também com muito medo, medo do externo e também do interno, medo de olhar para si mesmo(a), tendo que conviver com seus familiares onde muitas vezes estão os seus maiores conflitos e lições a serem aprendidas nessa encarnação, tendo que observar o próprio umbigo, tendo que lidar com suas questões internas profundas, com seus traumas, com suas crenças limitantes, com suas criações fantasiosas de monstros interiores, com os seus sentimentos outrora amortecidos como suas frustrações e temores, com os entulhos emocionais guardados a sete chaves nas suas 'gavetinhas' das cômodas internas de suas almas, tendo de conviver com alterações de altos e baixos em seus pensamentos, sentimentos, emoções e ações... E isso que aparenta ser ruim, não é ruim. Acredite! Parece ruim à princípio, se estivermos olhando só a ponta do iceberg, aquela parte que não está submersa, mas há também que ser observada a parte abaixo da superfície da água, que inclusive é bem maior, e agora se mostra, para poder, se você quiser, ser observada e curada. Essa é a grande chance de transformar, reorganizar, reinventar, religar e reintegrar consigo mesmo(a) e com o Planeta Terra! É a hora de fazer a integração entre a "Sombra" e a "Luz" através da introspecção, de ficar consigo mesmo(a) e se autoconhecer, abstraindo-se da 'matrix', desligando a função de piloto automático e tomando a vida em suas próprias mãos. Toda crise trás uma oportunidade, e você só tem 2 escolhas: aceitar ou não aceitar. Como eu disse, é uma escolha, é individual, e faz parte do grau de evolução de cada indivíduo, de cada Ser. E cada Ser Humano tem o seu tempo, e isso também precisa ser respeitado.



Historicamente o mundo já vem passando por várias pandemias, como: peste do Egito, peste negra ou peste bubônica, hanseníase, gripe espanhola, sarampo, gripe suína, HIV-Aids, H1N1, vírus ebola, SARS, influenza, COVID-19, e também por guerras, por desastres da natureza e por ciclos que se repetem de tempos em tempos, em uma enorme espiral evolutiva, que como tudo neste plano é dual, tem os dois lados opostos: o lado da 'sombra' ou destrutivo e involutivo, podendo ser classificado de maneira simples como 'negativo', e o lado da 'luz' ou construtivo e evolutivo, podendo ser classificado, também de modo simplista como 'positivo'. Mas, como tudo tem os dois polos, lados e extremos, o importante é compreender que o equilíbrio se dá na interconexão, no meio, no entrelaçamento, e que é muito importante a compreensão da integração dos dois lados, ou seja, não há o negativo sem o positivo, não há o bem sem o mal, não há o conflito sem a paz, e, necessariamente, não há a sombra sem a luz. A integração é o ponto de equilíbrio. Simples assim.



Continuando a falar sobre isso, os dois lados de tudo o que há, temos em um mesmo fio condutor, por exemplo: a coragem (positivo) e o medo (negativo); a ignorância, no sentido de não saber que não sabe (negativo) e a sabedoria (positivo); a doença (negativo) e a saúde (positivo); e o ódio ou raiva (negativo) e o amor (positivo). E, nesse momento do texto, você já deve estar pensando: 'ah... mas isso é fácil falar..." Pois é! E quem disse que nascer, encarnar, crescer, viver, evoluir e morrer seria fácil? Viemos sem manual de instruções, e vamos tendo que fazer adaptações de tempos em tempos, em nós como indivíduos, e em nós quanto humanidade, para fazermos o que é preciso, diante do que a vida nos apresenta, de modo individual e, consequentemente, coletivo.



Não há que se procurar culpados nessa situação, seja a Organização Mundial de Saúde, os governantes das 206 nações  ou outro órgão ou instituição, pois estamos todos no mesmo Planeta e, todos em um grande, difícil e expressivo aprendizado,  e cada qual em um degrau dessa grande escada evolutiva. Apontar o dedo nessa situação é oportunismo e extrema falta de consciência, já que se você observar com cautela, somente um dedo, o indicador, fica direcionado para o suposto acusado, enquanto os outros quatro dedos da mão estão direcionados para o pretenso e vaidoso acusador, irônico, não? O importante é sempre assumir a responsabilidade, tanto individual quanto coletiva, e que se faz necessária nesse momento pelo qual estamos todos passando. A sabedoria vem com a experiência, e a experiência é construída com o aprendizado e inclusive com os próprios erros. Esse é um momento ímpar e especial para pensar, sentir e agir como 1Humanos em uma fase de evolução 1Humanitária e Planetária. Fácil? Não! Possível? Sim!



Então, dito isso, o que você 1ndivíduo pode fazer para ajudar? Se prevenir, com os cuidados de higiene e limpeza já tão propagados pela mídia, como um simples e eficiente hábito de lavar as mãos com água e sabão e não encostar ou tocar no rosto, olhos, nariz, ouvido e boca, e outras instruções que englobam se precaver quanto à resistência do vírus, e se puder ajudar a divulgar essa medida para quem não a conhece você já estará ajudando. Ficar em casa é absolutamente imprescindível, evitando aglomerações como está sendo amplamente divulgado aqui no Brasil e em outros países ao redor do mundo, e utilizar todos os recursos possíveis e observar as informações que estão sendo divulgadas e, sobretudo, respeitar o que já foi testado em outros países que já passaram pela epidemia antes do Brasil com experiências com bons resultados, compreendendo que a vida também requer momentos de recolhimento e silêncio. E, sobretudo, ter atenção e empenho com os recursos espirituais que você conhece, que atuam no plano sutil de vibração de energia, e com os quais tiver maior familiaridade, seja através de orações, preces ou mantras, imposição das mãos ou reiki, biomagnetismo, programação neuro linguística, radiestesia, aromaterapia, florais, auto hipnose, cinesiologia, etc. Também é importante manter-se alerta não só sobre o vírus corona, mas também outros tão letais quanto, como o vírus do oportunismo, o vírus da ganância, o vírus do egoísmo, o vírus da especulação, o vírus da corrupção, o vírus da arrogância, o vírus da manipulação, o vírus do racismo, o vírus da prepotência, o vírus do preconceito, o vírus da dissimulação, o vírus da mentira, o vírus do pessimismo, o vírus do ódio, o vírus da ambição, o vírus do ego exacerbado e sobressaltado, etc. E também quanto à propagação de especulação enganosa, da divulgação de informação e/ou notícias falsas e alarmistas, de disseminação de sentimentos negativos, que como ondas sutis reverberam de você, e como tal, retornam. E lembre-se sempre que há uma Força Maior que organiza e rege esse Planeta e que, a seu tempo, permitirá o término de mais esse aprendizado para a Humanidade.



Em termos de corpo físico, seguem algumas observações importantes, esse vírus ataca sobremaneira os pulmões, que é responsável pelo transporte de sangue e oxigênio para todas as partes do corpo, e esse órgão tem ligação pela medicina tradicional chinesa com o sentimento de tristeza. Há uma ressonância da tristeza sentida por outros humanos como nós, segregados e esquecidos, em outras cidades, em outros estados e em outros países, que não estava sendo compreendida e acolhida por seus semelhantes. Essa tristeza tem ligação com guerras intermináveis, com fome, com condições de sobrevivência degradantes e sub humanas, com preconceito, com racismo, com abandono e tantas outras, que passaram invisíveis por longos períodos, e que agora vêm à tona, sobressaindo desse gigantesco iceberg, onde só se via a ponta externa, onde outras inúmeras pessoas estavam gritando por socorro em um eco estrondoso e ensurdecedor, mas infelizmente, não eram ouvidas. E importante se faz também observar que o grito inaudível desses outros Seres Humanos, com repercussão ressonante onde lágrimas eram incessantemente derramadas, onde suores pingavam incansável e diuturnamente, e onde o sangue era derramado de forma contumaz e permeavam e penetravam a terra sem aparente amparo, acolhimento, compreensão ou solução de outros seres humanos para suas questões de dor e sofrimento físico, emocional ou mental. Outra informação importante é sobre o sentimento de medo, que tem ligação direta com os rins,  que é outro órgão também afetado pelo vírus, e o rim é responsável pela produção de sangue e pela imunidade, veja só que ironia, se você ficar vibrando no medo pode vir a afetar e fragilizar o órgão do seu corpo que é o comandante responsável por atacar quem? O vírus! O medo fragiliza, debilita e desvitaliza os rins, e o pavor, a preocupação e a insegurança fragilizam o sistema biológico. Então, com esse limão, faça uma limonada, e se vista de coragem. Outro órgão também afetado é o fígado, que é o depósito do sangue que depois é fornecido para todo o organismo, e o sentimento associado é a raiva e o ódio, de onde podemos concluir que vibrar nesses sentimentos vai abalar a sua saúde. É a quantidade, a qualidade e o fluxo de sangue que determinam o bom funcionamento do organismo. Mas, a parte boa disso tudo é que as células dos pulmões podem se regenerar, e nós como humanidade, temos também essa capacidade, e essa é a hora, o momento, o tempo, a época da grande união planetária, de uma melhoria em nossa condição como Seres Humanos, afinal, somos todos um.



E... Se você tem condições financeiras, ajude alguém próximo que está precisando de uma cesta básica ou de uma contribuição financeira para uma medicação, por exemplo, como algum familiar, um(a) amigo(a), a pessoa que faz limpeza na sua residência, o porteiro do seu prédio, um(a) vizinho(a), um morador de rua, uma instituição de caridade ou um desconhecido, etc.; e dispense o trabalho de faxineira, cozinheira, babá, jardineiro, motorista, e outras pessoas que lhe prestam serviços, sem deixar de lhes garantir o salário, obviamente. Se você tem condições emocionais, e já está vibrando em uma frequência de equilíbrio diante do medo que se espalhou, converse por telefone ou através de outras tecnologias ou mídias sociais com quem ainda está vibrando na incerteza, no medo, na raiva, na tristeza ou em algum outro sentimento negativo, auxiliando essa pessoa a voltar mais para o centro e equilíbrio emocional, sob o prisma daquela via de mão dupla, que já expliquei anteriormente. Se você tem condições mentais de auxiliar, por estar vibrando mais com a sua parte Luz, do que com a Sombra, se utilize dos meios que conhece e aprecia para auxiliar em silêncio, através de uma oração, uma prece, um mantra, uma canção, uma meditação, uma invocação, uma petição ou seja lá qual for a maneira que conhece de auxiliar na vibração da propagação da energia sutil da luz, do amor, da paz, da saúde e do equilíbrio para esse momento, principalmente para os profissionais mundiais da área da saúde, e também de limpeza, transporte, alimentação e segurança que estão na linha de frente dessa batalha. Se você está em boas condições físicas, auxilie alguém próximo que não está podendo ir às compras, por exemplo, para pessoas mais idosos e vulneráveis. Esse é um bom período para expressarmos o melhor de nós, a nossa Luz, através da solidariedade, empatia, compaixão, misericórdia, amor e fraternidade.



Confie na Energia Maior que rege esse Planeta Terra, essa Galáxia e esse Universo, independente do nome que seu credo, religião, convicção ou filosofia de vida der a isso. Considere que há sempre um Propósito em Cada Vida nesse Planeta, e sobretudo um Propósito Maior que reuniu Cada Vida nesse exato momento de Transição, de Evolução. Agradeça por fazer parte desse momento e vibre, à partir do seu Coração, com Amor, e reverbere essa vibração. Esse é o chamado: aprender a amar a si mesmo(a), reconhecer o Divino em si e em cada Ser, reconhecer e honrar a sua herança genética, pensar e verbalizar apenas o que for digno e sábio, respeitar a si e aos outros e o grande fluxo vital universal da natureza que une a todos os Seres vivos do Planeta. Assim, faz-se um ciclo virtuoso poderoso, que tem tendência a vibrar, e por reverberação propagar a solidariedade, a tolerância, a sabedoria, a paz, a união entre os povos, e consequentemente a Luz e o Amor!



Antes de finalizar, só vou deixar mais uma reflexão... o nosso lindo e azul Planeta Terra é um senhorzinho ou uma senhorazinha Gaia muito bem conservado(a), nos seus 4 bilhões e 543 milhões de anos, que não vai ficar com nenhuma ruguinha a mais nos olhos, se nós humanos sucumbirmos dessa encarnação sem temos aprendido sobre nós mesmos, sobre a paz, sobre o amor, sobre a consciência e sobre nosso processo de evolução, pois continuará sua existência, sem nós humanos.



E se você depois de tudo o que já ouviu, leu e viu sobre tudo o que está acontecendo nesse momento e ainda não souber como pensar, sentir e agir, em alguma situação ou circunstância que se apresente para você, nesse grande momento de transformação e aprendizado humanitário e planetário, a minha dica é, pare por alguns instantes, respire profundamente por alguns segundos, coloque o foco da sua atenção no seu coração, e faça para si mesmo(a) a seguinte pergunta: "O que o AMOR faria nesse caso, nessa situação, nesse momento, nessa circunstância?". E aguarde a resposta através da sua intuição! E, com certeza, o melhor será feito.



*  Neste link você pode fazer um teste virtual para verificar se há realmente a necessidade de procurar atendimento em hospital caso você estiver com algum sintoma, para que os profissionais de saúde e os hospitais atendam quem realmente precisa: http://www.coronabr.com.br

**  Brasil Disque Saúde, ligue 136 / Acesse: http://www.saude.gov.br/coronavirus


*** Dados no Brasil https://labs.wesleycota.com/sarscov2/br/


Agradeço pela atenção.



Com carinho,

Sandrah



TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

DIREITO AUTORAL Lei Federal n° 9.610 de 19 de Fevereiro de 1998.





"Eu acredito... que nada acontece sem que haja uma razão.

Tenho certeza disso porque no meu interior sei que estamos todos conectados.

Sim, somos indivíduos, responsáveis por nós mesmos e com livre arbítrio, poder de decidir ou faculdade de escolher, mas ainda assim, partes de algo maior.

Alguns podem chamar de alma, outros de espírito, força vital, divina presença, templo interior, sabedoria inata, coração, essência, eu superior ou inconsciente coletivo, mas seja qual for a denominação de sua escolha, você ganha confiança sabendo que não estamos isolados uns dos outros ou da Terra e da vida nela.

Esse sentimento de conexão me inspirou pela busca do autoconhecimento e do Bem-estar através da Consciência, do entendimento do Ser em Harmonia, Equilíbrio e Integração entre Corpo, Mente e Espírito, entre Feminino e Masculino, entre Sentir, Pensar e Agir, e entre Luz e Sombra!

Somos parte de um quadro maior, e temos responsabilidades, somos um.

Há um Propósito Divino além das rotinas das nossas vidas!

Estou à disposição para atender você!

Fique em paz!"

Com carinho,

Sandrah Belleza Novelli







TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL














+55 (11) 964-311-500 Tim / WhatsApp 







Estou à disposição para atender você! 



Aguardo o seu contato. 



Com carinho,

Sandrah