ACESSE AQUI INFORMAÇÕES SOBRE O MEU TRABALHO E SESSÕES DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO

Mostrando postagens com marcador Imaginação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Imaginação. Mostrar todas as postagens

Meditação para compreender Imaginação e Realidade no Cérebro









"As figuras imaginárias 
têm mais relevo e verdade que as reais."

Fernando Pessoa



"Poucas pessoas têm imaginação
para a realidade."

Wolfgang von Goethe



"A imaginação é mais importante que a ciência, 
porque a ciência é limitada, 
ao passo que a imaginação abrange o mundo inteiro."

Albert Einstein



"A realidade deixa muito
à imaginação."

John Lennon





********************************************

MEDITAÇÃO PARA COMPREENDER
IMAGINAÇÃO E REALIDADE NO CÉREBRO




A neurociência está tratando de provar
que o cérebro não diferencia imaginação de realidade.
E essa descoberta científica,
proporciona, que a devida importância
seja dada ao campo sutil e energético,
além do físico, visível e palpável. 


O cérebro não consegue diferenciar 
imaginação de realidade
porque os processos de sinapses 
utilizados pelo cérebro 
durante a percepção da realidade
 de um objeto separado e externo 
é o mesmo processo de sinapses 
utilizados durante a imaginação 
desse mesmo objeto em nossa percepção. 


Se você apenas imaginar 
que está aprendendo uma determinada habilidade 
- por exemplo: desenhar ou andar de bicicleta -
ao invés de treinar mecanicamente esta habilidade.
 Não se mostrou diferença significativa,
quando o cérebro foi mapeado em estudos sobre esse aspecto,
e esse conceito fez despertar o conceito da neuro plasticidade.


E o que é a neuro plasticidade?

A neuro plasticidade é essa capacidade 
que todos temos de criar novos circuitos cerebrais
para expressar novas habilidades de nosso cérebro.


Como é fantástico o nosso cérebro!


Observe o que acontece quando você começa a ler...


Observe como é interessante
esse texto e como o seu cérebro
se adapta em solucionar o
enigma das letras e
com facilidade:




35T3 P3QU3N0 T3XT0 53RV3 4P3N45
P4R4 M05TR4R C0M0 N0554 C3R3BR0
C0NS3GU3 F4Z3R C01545
1MPR35510N4ANT35 3 F4NT4ST1C45!

R3P4R3 N1550!

N0 COM3Ç0 35T4V4 M415 COMPL1C4D0...

M45 AG0R4 N35T4 L1NH4 SU4 M3NT3
V41 D3C1FR4ND0 0 COD1G0
QU453 QU3 4UT0M4T1C1M3NT3,
S3M PR3C1S4R P3N54R MU1T0, C3RT0?

3ST3 3´ 0 P0D3R D3 PL45T1C1D4D3
D0 N0550 C3R3BR0!



Quando novas sinapses são estimuladas
- em um processo denominado de sinaptogênese -
essas novas sinapses determinam novas redes neurais, 
que por sua vez formarão novas memórias.


Então...


Meditar, orar, visualizar ou contemplar
são excelentes oportunidades para o cérebro exercitar
essas novas habilidades.



Que tal um exercício?


Vamos começar?


Que tal você se imaginar agora em uma paisagem
acolhedora, inspiradora, tranquila e alegre...

Pode ser: 
* uma linda praia com um mar azul turquesa...

* um campo com muitas flores coloridas e perfumadas...

* a vista do alto de uma montanha com o por do sol...

Você escolhe.

Permaneça pelo tempo que quiser nesse exercício,
e depois continue com a leitura.



Mais sobre o cérebro...

O hipocampo é a região do cérebro
que recebe as primeiras impressões dos estímulos externos 
e guarda uma interconexão bem próxima com o córtex cerebral
que é o responsável pelas atividades motoras, 
ou seja, as que determinam nossas ações.


Todas as impressões que temos durante o nosso dia a dia
e as vibrações de como percebemos o que nos acontece
qualificam cada experiência que temos
como positivas ou negativas,
 e, consequentemente,
nossas células nervosas estimuladas 
por todo esse conteúdo vibracional 
através dessas experiências 
fazem tocar um acorde específico em nosso corpo, 
utilizando-se de moléculas especificas 
chamadas de substâncias informacionais
que são os hormônios, os neurotransmissores, os peptídeos, etc.

Essas substâncias, por sua vez, 
estimulam o núcleo da célula a produzirem, 
por intermédio do 'dna', 
o 'rna' mensageiro que irá até o citoplasma 
para sintetizar a proteína especifica 
para a finalidade em questão. 


E a comunicação é estabelecida 
entre mente e cérebro, 
depois continua a comunicação 
entre cérebro e corpo
e, que por fim chega à célula 
que se comunica com o gene.
Isso é fantástico!


Você quer ter cérebro e vida com saúde?


Todos nós queremos que nossos neurônios
sejam sempre eficazes, resolutivos, criativos,
e, de preferência, sem fases de oscilação
no rendimento cognitivo e na performance intelectual.

Mas tudo isso é uma questão
de ter e manter bons hábitos e comportamentos,
para que no futuro não tenhamos queixas
de lapsos de memória, de redução de produtividade,
ou de elevação da taxas de erros,
já que o funcionamento cerebral não é linear.


As funções mais nobres do sistema nervoso
como atenção, memória, estratégia,
previsão de resultados e controle emocional
necessitam de alguns aspectos para
manterem-se saudáveis.



Observe os seguintes aspectos importantes:

* dormir bem e ter um sono saudável,

* praticar atividade física,

* desafios e novas atividades sem rotina,

* meditação, contemplação ou oração,

* beber água constantemente.




E observe os aspectos que devem ser evitados:

* a sobrecarga de estímulos e informações,

* estados de ansiedade, angústia e depressão,

* o consumo de álcool e nicotina.



Isso é possível?

Acredito que sim...

Experimente!



Sobre a meditação...

A meditação, exercícios de visualização criativa
e outros técnicas e exercícios
podem ocasionar mudanças mensuráveis
em regiões cerebrais associadas
a atenção, empatia e percepção de si mesmo
e, em geral, resulta numa sensação
de total relaxamento e paz.


Estudos revelam um aumento na densidade
da massa cinzenta do hipocampo
(região cerebral ligada ao aprendizado e à memória)
e em estruturas associadas à compaixão e à autopercepção,
e também diminuição da densidade
da massa cinzenta da amídala cerebral,
que exerce um importante papel na ansiedade e estresse.



Então...


Vamos à meditação
associada à respiração consciente
para ter cérebro e vida com saúde?


Através da respiração consciente
podemos descobrir o espaço interior
criando lacunas ou espaços no fluxo de pensamentos.


Essas lacunas ou espaços permitem que os pensamentos
não se tornem repetitivos ou desprovidos de inspiração.


 Esses espaços não precisam ser longos,
alguns segundos já são suficientes,
e o mais importante é a frequência diária.


 Tomar consciência da respiração
faz com que a atenção se afaste do pensamento
e isso produz um espaço.

É uma maneira de gerar consciência!

Tome consciência da sua respiração!


Seu cérebro agradece quando você
respira com consciência,
e seu cérebro e sua vida expressam saúde!


Observe a sensação do ato de respirar.

Sinta o movimento de entrada e saída do ar
ocorrendo em seu corpo.

Veja como o peito e o abdome se expandem
e se contraem ligeiramente
quando você inspira e expira.


 Basta uma respiração consciente
para produzir esse espaço ou lacuna,
onde antes havia tão somente
uma sucessão de ininterruptos pensamentos.


 Uma respiração consciente
(duas ou três seria ainda melhor)
feita muitas vezes ao dia
é uma maneira excelente
de criar espaços em sua vida.


 Mesmo que você medite sobre sua respiração
por duas horas ou mais,
o que é uma prática adotada por algumas pessoas,
uma respiração basta para deixá-lo consciente.



A respiração acontece por si mesma.

Ela é produzida pela inteligência inerente ao corpo.

Portanto, basta observá-la.

Essa atividade não envolve nem tensão nem esforço.



Além disso, note a breve suspensão do fôlego
- sobretudo no ponto de parada no fim da expiração -
antes de começar a inspirar de novo.


 Muitas pessoas têm a respiração curta,
o que não é natural.
Quanto mais tomamos consciência da respiração,
mais sua profundidade se estabelece sozinha.


 Ao tomarmos consciência da respiração,
nos vemos forçados
a nos concentrar no momento presente,
no aqui e agora!


O resto são lembranças (passado)
ou expectativas (futuro),
ou seja, pensamentos: a mente no comando.


 Percebemos,
imediatamente,
após alguns segundos de prática
que não conseguimos pensar
e nos manter conscientes da respiração ao mesmo tempo.

E esse é o segredo de toda a transformação interior.

Então, nos tornarmos conscientes da respiração
é estarmos absolutamente no presente,
pois a nossa atividade mental é suspensa.

O nosso ego cede espaço para
a manifestação do nosso Eu Interior.



 A palavra alemã para respiração
- atmen -
tem origem no termo sânscrito atman,
que significa o espírito divino que nos habita,
ou o Deus interior.



Que tal meditar?


Sente-se confortavelmente em uma poltrona.

Feche gentilmente os olhos.

E só observe a sua respiração.

O ar entrando e saindo dos pulmões.

Observe a sua inspiração e a sua expiração.


Imagine-se em um local de sua preferência,
se este local for conhecido,
por exemplo: uma praia, o campo,
uma montanha, uma cachoeira...

E, se este local não for conhecido,
imagine-se num local o mais agradável possível,
um local de extrema paz, calma e tranquilidade.


Você também pode contemplar uma paisagem,
se concentrar em escutar uma música
ou fazer uma oração que te proporcione
calma, paz, alegria e bem-estar.


Respire...


Desligue a sua mente dos pensamentos...

E apenas respire...


 Boa respiração... meditando
para saúde do seu cérebro!


 Boa meditação... respirando
para uma vida com saúde!



 Por Sandrah Belleza Novelli




Acesse também:



Meditação para integração entre os
hemisférios Cerebrais Direito e Esquerdo






Meditação para ter 
Cérebro e Vida com Saúde






Meditação para Seguir o Fluxo Natural da Vida








Meditação para praticar o Desapego









Meditação para identificar e romper Padrão Repetitivo









Meditação para aliviar Dor









Meditação para conversar com a sua Dor











TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL






+55 (11) 96431-1500 Tim / WhatsApp 



Estou à disposição para atender você! 

Aguardo o seu contato. 

Com carinho,
Sandrah