ACESSE AQUI INFORMAÇÕES SOBRE O MEU TRABALHO E SESSÕES DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO

Mostrando postagens com marcador Silêncio. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Silêncio. Mostrar todas as postagens

Reflexão e Consciência para conexão com o Silêncio Interior











"Se a palavra que você vai falar
não é mais bela que o silêncio,
então, não a diga."

Mestre Sufi




"A palavra é de prata,
o silêncio é de ouro."

Provérbio Chinês




"Senta apenas ao meu lado
e deixa o meu silêncio
conversar com o seu.
Às vezes,
a gente nem precisa mesmo de palavras."

Ana Jácomo




"As mais lindas palavras de amor 
são ditas no silêncio de um olhar."

Leonardo da Vinci




"Da árvore do silêncio
pende seu fruto:
a paz."

Arthur Schopenhauer




"O silêncio é a porta
que o nosso ouvido interior abre
para se poder escutar a maravilhosa
melodia da alma."

Autor Desconhecido





"O ar que você respira é natureza, 
como também é natureza o próprio ato de respirar. 
Preste atenção em sua respiração 
e perceba que não é você que a controla. 
É a respiração da natureza. 
Se você precisasse lembrar de respirar, 
morreria logo. 
E se tentasse parar de respirar, 
a natureza se encarregaria de manter a respiração. 
Ao sentir a respiração e ao aprender a prestar atenção nela, 
você se conecta à natureza da forma mais íntima e poderosa. 
É um ato extremamente curativo e reabastecedor. 
Ele promove uma mudança, 
passando do mundo conceitual do pensamento 
para o mundo interior da consciência livre de condicionamentos."

Eckhart Tolle

(In 'O Poder do Silêncio')






******************************************************


REFLEXÃO E CONSCIÊNCIA 
PARA CONEXÃO COM O SILÊNCIO INTERIOR





Um verdadeiro presente na nossa vida é
um período de silêncio
onde nos sintonizamos com o nosso espaço interior,
com a nossa essência,
com a nossa alma,
com o nosso Ser Interior.

Esses períodos podem ser diários,
semanais, mensais e é
você quem escolhe o que é melhor para você.



Esse período de silêncio é uma oportunidade
para novas descobertas.



Silêncio não significa,
absolutamente,
falta de comunicação,
porque há outras formas de manifestação
que podem acontecer através do olhar,
de um gesto, de um sorriso, etc.

E esta linguagem sutil depende
de nossa habilidade de observar os pequenos detalhes da vida.




O silêncio oferece oportunidades para:

* autoconhecimento,

* conexão com aptidões, qualidades,
dons, virtudes, habilidades
que possibilitem uma transformação,

* conexão com o pensamento mais elevado,
mais leve e mais claro,

* conexão com as possibilidades de escolhas,

* possibilidade de melhor qualidade de entendimento,

* experiências inusitadas e diferentes,

* descoberta de minhas qualidades inatas
- intrínsecas de quem eu sou / quem eu estou -,

* conexão com meu eu eterno,

* confiança nessa essência mais profunda,

* aumento de percepção, intuição e sensibilidade,

* conexão com a força interna, a confiança, a fé,

* maior discernimento de meus pensamentos,
de meus sentimentos,
e consequentemente,
de minhas ações,

* possibilidade de 'escutar' a natureza em mim
e a natureza ao meu redor,

* conexão com o espaço interno de aprendizagem,

* conexão com a verdade interna,

* bem-estar e equilíbrio,

* conexão com a essência, a alma,

* conexão com o 'Eu Superior', o anjo de guarda,
os mestres mentores,

* disciplina,

* concentração,

* para conexão com o 'sentir',
com a felicidade que habita no mais íntimo dos nossos corações,

* experimentar a alegria que trazemos em nós,

* conexão com a plenitude do nosso Ser,

* ligação com momentos que podemos chamar de purificação,

* conexão com a paz do coração,

* ligação com as nossas reservas de energia interior,

* conexão ou ligação com os mistérios da vida,

* ouvir o canto do Universo ou
o som das esferas celestes em movimento,

* viver o momento presente,

* permissão de estar em sintonia conosco,
em sintonia com a música da nossa alma, do nosso coração,
com a melodia interior.




‎As ondas sonoras,
especialmente da nossa fala,
tem um valor que geralmente não percebemos e
interferem no equilíbrio do espaço que nos rodeia e
também do nosso espaço interior.

Só com o tempo e à medida que nos tornamos conscientes disso,
começamos a entender a lei do silêncio e
desfrutar dos benefícios de vivenciar e observar o silêncio.

As palavras são o som dos pensamentos.

É importante observar que
a organização das moléculas
é alterada de acordo com as nossas vibrações,
e forma padrões vibracionais
que podem ser harmoniosos ou não.

E, já que as palavras criam formas
também nos níveis sutis do ambiente,
elas podem auxiliar no equilíbrio ou
causar perturbações.

Para vivermos em paz e com saúde
temos que manter,
tanto quanto possível,
a consciência na realidade do infinito.

A princípio, essa realidade nos parece muito abstrata,
mas com o exercício da elevação dos pensamentos
conseguimos atravessar as densas camadas psíquicas terrestres e
chegar a níveis de existência cada vez mais amplos.

A mente não deve deixar-se capturar ou aprisionar
pelos fatos da vida cotidiana, ao contrário,
tem que elevar-se desse lugar.

Mesmo que a mente precise ser usada
nas resoluções práticas cotidianas,
devemos nos manter nelas apenas o tempo suficiente,
e depois decolar.

O pensamento, como o som, se propaga em ondas.

E são estas ondas que atraem
vibrações afins, similares e na mesma sintonia.

Um só pensamento nosso,
pode, portanto, ampliar-se muito e
ganhar uma força incalculável,
pois se junta com outros de natureza similar.

Observe como é importante ter pensamentos positivos
de paz, de harmonia e de amor.


É importante termos ciência de que 'sons silenciosos',
de mundos distantes ou multidimensionais,
vibram, sem cessar, dentro de nós e ao nosso redor.



Essa reflexão é muito interessante
pois nos tornamos conscientes
do quanto deixamos a mente no comando
e ficamos distantes do sentir
e do fluir natural da vida.


 Tomar consciência da respiração 
faz com que a atenção se afaste do pensamento 
e isso produz um espaço. 

É uma maneira de gerar consciência! 

Tome consciência da sua respiração
e entre em conexão com o silêncio interno. 


Observe a sensação do ato de respirar. 

Sinta o movimento de entrada e saída do ar 
ocorrendo em seu corpo. 

Veja como o peito e o abdome se expandem 
e se contraem ligeiramente 
quando você inspira e expira. 


 Basta uma respiração consciente 
para produzir esse espaço ou lacuna, 
onde antes havia tão somente 
uma sucessão de ininterruptos pensamentos. 


 Uma respiração consciente 
(duas ou três seria ainda melhor) 
feita muitas vezes ao dia 
é uma maneira excelente 
de criar espaços em sua vida. 


 Mesmo que você medite sobre sua respiração 
por duas horas ou mais, 
o que é uma prática adotada por algumas pessoas, 
uma respiração basta para deixá-lo consciente. 


A respiração acontece por si mesma. 

Ela é produzida pela inteligência inerente ao corpo. 

Portanto, basta observá-la. 

Essa atividade não envolve nem tensão nem esforço. 


Além disso, note a breve suspensão do fôlego 
- sobretudo no ponto de parada no fim da expiração - 
antes de começar a inspirar de novo. 


 Muitas pessoas têm a respiração curta, 
o que não é natural. 

Quanto mais tomamos consciência da respiração, 
mais sua profundidade se estabelece sozinha. 


 Ao tomarmos consciência da respiração, 
nos vemos forçados 
a nos concentrar no momento presente, 
no aqui e agora! 


O resto são lembranças (passado) 
ou expectativas (futuro), 
ou seja, pensamentos: a mente no comando.


 Percebemos, 
imediatamente, 
após alguns segundos de prática 
que não conseguimos pensar 
e nos manter conscientes da respiração ao mesmo tempo. 

E esse é o segredo de toda a transformação interior. 

Então, nos tornarmos conscientes da respiração 
é estarmos absolutamente no presente, 
pois a nossa atividade mental é suspensa.

O nosso ego cede espaço para
a manifestação do nosso Eu Interior. 


 A palavra alemã para respiração 
- atmen - 
tem origem no termo sânscrito atman, 
que significa o espírito divino que nos habita, 
ou o Deus interior. 


Vamos começar?



Sente-se confortavelmente em uma poltrona.

Feche gentilmente os olhos.

E só observe a sua respiração.

O ar entrando e saindo dos pulmões.

Observe a sua inspiração e a sua expiração.

Ponha o foco da sua atenção na respiração
( dessa maneira o Ego cede espaço para
a manifestação do seu Eu Interior ).


E seguindo...


Comece prestando atenção na sua respiração,
no fluxo natural do ar que entra e sai por suas narinas
ou no seu abdome que sobe quando você inspira
e desce quando você expira.


Observe todas as sensações ligadas à sua respiração,
o movimento do ar,
a temperatura do ambiente,
a temperatura do seu corpo,
entre em sintonia com o sentir.


Não procure controlar a respiração,
somente respire naturalmente
prestando atenção ao ar que entra e sai dos pulmões.


Se a respiração estiver superficial, deixe-a ficar assim.

Se a respiração for mais rápida ou mais lenta,
deixe-a ficar do jeito que está.

A própria respiração se regula.



Respire...


Entre em contato com o silêncio interno...


E sinta as batidas do seu coração
perceba o ritmo
' escute ' o silêncio e o seu coração,
fique em contato com o coração e o silêncio.


Desligue a sua mente dos pensamentos.

Apenas respire...

Não brigue com os pensamentos que vierem
apenas respire e deixe ir...



Quando você perceber que sua mente dispersou,
traga-a suavemente de volta para a respiração.


Durante essa meditação,
os pensamentos,
o ambiente,
as lembranças,
os sons, as sensações,
tudo o que for diferente da sua respiração
será considerado uma distração.

Deixe os pensamentos passarem por você...


Não se preocupe e nem se culpe
se sua mente se distrair com outros pensamentos,
isso é natural.


Cada vez que isso acontecer,
basta trazer suavemente o foco da atenção
para sua respiração...


Tente prestar atenção em cada respiração
durante todo o tempo que ela durar
sintonia com a inspiração e com a expiração...


Uma dica é:

Para ajudar sua mente a se concentrar na respiração,
escolha e repita em silêncio
uma palavra para cada inspiração
e uma palavra para cada expiração.

Faça com que essas palavras
sejam como uma suave música de fundo em sua mente.


Preste atenção no que você sente ao respirar e
não apenas na mera repetição das palavras.

Tome consciência de cada inspiração e de cada expiração.


Quando sua mente for ocupada por outros pensamentos,
traga-a suavemente de volta para sua respiração.

Deixe a respiração seguir seu ritmo natural.

Se a respiração for superficial ou profunda,
lenta ou rápida, não interfira em seu ritmo.

Basta prestar atenção na respiração...

Observe toda a inspiração... e toda a expiração...



Agora,
pare um pouco e observe o seu corpo.



Como você se sente?

Está bem?

Quando quiser, abra os olhos.



Entre em contato com o silêncio interno!


É sensacional quando você consegue ouvir
o som do silêncio.

Som do silêncio?

Sim.

O silêncio tem um som.

Entre em conexão com o som do silêncio.


Com a prática da meditação e da respiração
a conexão com o silêncio interno
vai gradualmente aumentando
e você entra em contato 
com seu centro de paz
e com o seu coração!


No silêncio interno encontre a paz!

Fique em paz!



 Por Sandrah Belleza Novelli



Acesse também:






Reflexão e Consciência 
de nossa Luz e de nossa Sombra








Reflexão para intensificar a Consciência
de nossa Luz e de nossa Sombra








Reflexão e Consciência para praticar o Desapego








Reflexão e Consciência
para curar Traumas de Infância








Reflexão e Consciência para compreender
Imaginação e Realidade no Cérebro








Reflexão e Consciência para reavaliar a Culpa








Reflexão e Consciência para compreender
a sua Percepção da Linha do Tempo:
Passado, Presente e Futuro








Reflexão e Consciência para Se Libertar do Controle
e de Querer Controlar








Reflexão e Consciência
para identificar os Arquétipos em Você








Reflexão e Consciência
para identificar os Múltiplos tipos de Inteligência








Reflexão e Consciência para
transformar a Inveja








Reflexão e Consciência para equilibrar Luz e Sombra
 nos Desafios e Oportunidades da Vida








Reflexão e Consciência para Autoestima








Reflexão e Consciência para curar Depressão








Reflexão e Consciência
para conhecer a sua Sombra e
trilhar o Caminho de Transformação








Reflexão e Consciência para transformar
Pensamento Negativo em Pensamento Positivo








Reflexão e Consciência para exercitar
a Calma e a Paciência








Reflexão e Consciência para fazer conexão
 com a Frequência Vibracional da Gratidão








Reflexão e Consciência
para encontrar o Amor da sua Vida








Reflexão e Consciência
para Sustentabilidade do Ser Integral








Reflexão e Consciência
para usufruir de Qualidade de Vida








Reflexão e Consciência para escolher
entre o Medo e o Amor








Reflexão e Consciência
para programar mentalmente o seu Dia de Amanhã








Reflexão e Consciência
para transformar o Medo
em algo positivo para você








Reflexão e Consciência
para Ser e Estar Humano nesta Existência








Reflexão e Consciência
para programar mentalmente
o seu Dia de Amanhã








Reflexão e Consciência
para fazer conexão com a Compaixão








Reflexão e Consciência para apreciar e
viver inspirado pelo Ritmo da Natureza








Reflexão e Consciência
para acessar o Templo Interior








Reflexão e Consciência
para equilíbrio entre Razão e Emoção,
Cérebro e Coração








Reflexão e Consciência para
vibrar no mundo com Autoestima








Reflexão e Consciência
para entrar em conexão com o Fluxo Natural da Vida








Reflexão e Consciência
para viver sem estresse com
a Respiração Consciente











TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL






 +55 (11) 964-311-500 Tim / WhatsApp 



 Estou à disposição para atender você! 

 Aguardo o seu contato. 

 Com carinho,
Sandrah