ACESSE AQUI INFORMAÇÕES SOBRE O MEU TRABALHO E SESSÕES DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO

Mostrando postagens com marcador Inimigo Interno. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Inimigo Interno. Mostrar todas as postagens

Meditação para reconhecer o seu Inimigo











"Quando não existe um inimigo dentro, 
 fora os inimigos não podem te machucar." 

 Provérbio Africano






*****************************************************

MEDITAÇÃO PARA RECONHECER
O SEU INIMIGO




Você tem um inimigo?

Tem mesmo?

Será que tem?

Então...

Já está na hora de você saber quem é!

Você quer saber?


Então, vamos à meditação...



Você está preparado (a) para descobrir o seu inimigo?

Vamos lá...


Sente-se confortavelmente em uma poltrona.

Feche gentilmente os olhos.

Se preferir coloque uma música.

Ponha o foco da sua atenção na respiração
(dessa maneira o Ego cede espaço para
a manifestação do seu Eu Interior).

Sinta o ar entrar e sair dos pulmões.

Aos poucos vá se acalmando e relaxando.

Permaneça assim até encontrar o seu estado de paz interior.

E, só então prossiga com a meditação.



Agora liste na sua mente três situações ou acontecimentos
que não foram ou não são satisfatórios na sua vida.

Comece por ordem cronológica dos acontecimentos.


Verifique a primeira situação ou acontecimento:

Os sentimentos e emoções ligados à situação.
Os pensamentos ligados à situação.
As atitudes ligadas à situação.




Quais são os verbos que veem à tona pela consciência:

Eu não quero...

Eu não posso...

Eu não mereço...

Eu não aceito...

Eu não consigo...

Eu não reconheço...

Eu não...


E fazem com que você possa reconhecer agora
o seu inimigo interno: 

você mesmo (a)!



Retire o 'não'!



Modifique agora por:

Eu quero!

Eu posso!

Eu mereço!

Eu aceito!

Eu consigo!

Eu reconheço!




Quais os sentimentos negativos ligados à essa situação
que veem à tona pela consciência:

Medo?

Raiva?

Insegurança?

Inveja?

Culpa?

Orgulho...

Ou outro?



E, agora, podem ser modificados para o positivo!

Coragem, paz interior, segurança!


Reverencie esse acontecimento ou situação 
e todas as pessoas envolvidas.

Agradeça pelo aprendizado que você teve
através dessa situação e pessoas.


Agradeça por reconhecer o seu inimigo interior:
aquela parte de você mesmo(a),
que através do processo de consciência,
pode ser modificada agora do negativo para o positivo,
da inconsciência para a consciência!



É importante observar que:

Nada é externo ou do outro.

Tudo é interno e um reflexo de você mesmo (a).

Através do processo de consciência é
possível vislumbrar essas nuances.



E agora deixe ir... Respire...

E, assim, faça o mesmo com as outras situações...


Faça as pazes com o seu inimigo interno!

Faça as pazes com você mesmo (a)!

Fique do 'seu lado'!

E vibre com situações satisfatórias e positivas em sua vida!


Boa meditação!


Por Sandrah Belleza Novelli





Acesse também:



Meditação para Consciência de
nossa Luz e de nossa Sombra













TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL






 +55 (11) 9-6431-1500 Tim / WhatsApp 



 Estou à disposição para atender você! 

 Aguardo o seu contato. 

 Com carinho,
Sandrah




Meditação para compreender os Problemas e as Manifestações Externas










"Nada é permanente neste mundo
nem mesmo os nossos problemas."

Charles Chaplin



"Os problemas nunca vão desaparecer
mesmo na mais bela existência.
Problemas existem para serem resolvidos
e não para perturbar-nos."

Augusto Cury




**************************************************

MEDITAÇÃO PARA COMPREENDER
OS PROBLEMAS E 
AS MANIFESTAÇÕES EXTERNAS




Quem nunca teve um problema?

São diversificados: problema familiar,
amoroso, profissional, financeiro...

E o mais difícil é saber identificar
o que denominamos de ' problema '
e que consideramos ser externo,
uma manifestação exterior,
para, então, podermos resolvê-lo!


Você precisa primeiramente
identificar o problema interno!

Interno?

Como assim?

' Mas o meu problema é externo! '



Não...


Na verdade não é externo,
esse ' problema ' que você está passando agora,
essa situação ou acontecimento,
ou essa questão com tal pessoa... é interno!


E por quê?

Porque tudo que se manifesta no exterior
é, tão somente, um reflexo do interior.

Simples assim.





Vamos à meditação reflexiva?


Sente-se confortavelmente em uma poltrona.

Coloque o foco da sua atenção na respiração
(dessa maneira o Ego cede espaço para
a manifestação do seu Eu Interior).

Feche gentilmente os olhos.

Se quiser poderá escutar uma música.

Sinta o ar entrar e sair dos pulmões.





Respire... E deixe ir todos os pensamentos...

Aos poucos vá se acalmando...

E entrando em contato com a quietude interior.

Entrando em contato com o seu centro de paz...


Respire...

Se vierem ' problemas ', pensamentos, questionamentos...

Não brigue com eles... Só deixe ir...



Reflita:
Onde você está?
Aqui ! 

Que horas são?
Agora !

O que você é?
Este momento !


E cada vez mais entre em contato através da respiração,
com o seu centro de paz interior.


Sem pensamentos.
Sem julgamentos.
Sem culpas.
Sem críticas.
Só observação...


Fácil?

Não, não é.

Mas, com a prática da meditação,
dia a dia, vamos melhorando cada vez mais.


E cada vez entre mais em contato através da respiração
com o seu centro de paz interior.
e aí nesse lugar,
através da consciência,
observe o que é que esse ' problema '
que você está passando tem para contar para você,
algo sobre você, que você desconhece,
que está inconsciente e
que é interessante você acessar agora.


Agora pense numa situação ou acontecimento
que está lhe mostrando algum sinal
- aquela situação à qual damos 
o nome de ' problema ' -
identificou qual é o recado?


Você consegue reconhecer o que esse 
sinal interno 
( por exemplo um desconforto ou dor )
ou sinal externo
( por exemplo um acontecimento repetitivo )
quer lhe mostrar?


Ótimo!


Permaneça respirando por algum tempo
- o tempo que for suficiente para você -
se apropriar da informação
e fazer o melhor uso possível dela
para transformar 
o que você denominou de ' problema ' em solução!


Com ciência.

Consciência
dos sinais internos e externos
- aqueles que denominamos de ' problema ' -
para transformar em aprendizado
e solução.


Ao identificar o que está causando
esse ' problema ',
essa situação ou esse acontecimento em sua vida
com consciência
- porque o externo é só um reflexo do interno -
você descobre algo sobre você.
Sensacional.


Fique em paz,
alterando o estado interior,
que, consequentemente,
 refletirá no futuro
através da manifestação exterior!


Permaneça nesse estado de bem-estar
e experimente um dia diferente preenchido 
por essa sensação e estado de paz!


E, se precisar de ajuda para identificar
é só entrar em contato,
estou à disposição para atender você.


Boa meditação reflexiva!

Paz!


Por Sandrah Belleza Novelli




Acesse também:



Meditação para Consciência de
nossa Luz e de nossa Sombra








Meditação para entrar em contato
com a Felicidade Interior










TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL



 http://www.sandrahbellezanovelli.com/p/terapeuta-de-frequencia-vibracional.html 



 +55 (11) 96431-1500 Tim / WhatsApp 


 Estou à disposição para atender você! 

 Aguardo o seu contato. 

 Com carinho,
Sandrah





Meditação para reavaliar a Culpa











"O homem superior atribui a culpa a si próprio, 
o homem comum aos outros."

Confúcio



"Você pode contar seus segredos ao vento, 
mas depois, não vá culpá-lo por contar tudo às árvores."

Gibran Khalil Gibran



"Enquanto você achar que tudo é culpa de alguém,
você vai sofrer muito quando perceber
que tudo nasce apenas de si mesmo
e, só então, você vai aprender a paz e a alegria."

Dalai Lama



**********************************************

MEDITAÇÃO PARA
REAVALIAR A CULPA





Culpa é o termo que usamos 
para os sentimentos negativos 
que repetidamente sentimos 
quando cometemos um erro 
que consideramos grave 
ou quando fazemos algo que gostaríamos 
de não ter feito ou de não ter de o fazer.


A mente passa a revisar as escolhas ou ações 
e os resultados dos acontecimentos ou situações
em que nos sentimos na culpa
 e experienciamos diversos outros sentimentos:
de remorso, combinado com arrependimento, 
auto punição, raiva, frustração, 
auto avaliação depreciativa ou avaliações deturpadas,
julgamento, auto crítica, auto sabotagem,
hostilidade para consigo mesmo, angústia
e preocupações.



Se a interpretação da culpa nos servir, 
nos engrandecer e for adequada 
funcionará certamente como um elemento 
para o nosso desenvolvimento pessoal. 
No entanto, muitos de nós nos sentimos culpados 
com bastante frequência 
e nos dirigimos para caminhos 
auto depreciativos e destrutivos. 



Faz parte natural da vida 
ter ou já ter tido esse sentimento
e apesar da crença comum em contrário, 
a experiência da culpa não é totalmente negativa, 
improdutiva e destrutiva. 



Sabendo como lidar com o sentimento de culpa 
e aprendendo a retirar um aprendizado, 
minimizamos os danos 
e entendemos a vida por outra perspetiva.



A culpa pode motivar e estimular 
uma revisão completa de erros, 
aumentar a vigilância 
e a cautela com relação ao futuro.



Para essa meditação reflexiva é muito importante
separar  'c u l p a'  de  'r e s p o n s a b i l i d a d e' 



Todos nós somos responsáveis 
pelo que decidimos fazer ou deixar de fazer 
quando agimos com Consciência



Se agimos sem consciência ou com má intenção
ou seja, 
de maneira irresponsável
e as consequências de nossos atos 
podem ter prejudicado outras pessoas ou a nós mesmos(as),
  consequentemente, vamos cair na culpa



Através da Consciência 
podemos avaliar num plano maior
todas as nossas ações, 
e tentar entender cada uma dessas ações
como uma lição para nos auto aprimorar e evoluir!



Se e quando 
temos a capacidade de ver 
os efeitos de nossos atos como uma lição
como um aprendizado 
e, também, 
todas as reações emocionais de nossos atos 
como uma dica, uma pista 
de como funciona o nosso Ser, 
não entraremos mais na culpa 
e não precisaremos ' e r r a r ' mais!



Medite sobre a situação ou acontecimento recente
que fez você ficar com sentimento de culpa
e avalie com base na Consciência.



A perspectiva mudou?

Não?
Então, reavalie mais um pouco.


E agora?


A perspectiva mudou?
Sim?
Que bom!


Nada de culpa!
Não se culpe!
Tenha responsabilidade!



Reverencie todos os acontecimentos e situações
e todas as pessoas envolvidas
inclusive você !



E tenha Gratidão pelo aprendizado
e por seu processo evolutivo!



Boa meditação reflexiva!




Por Sandrah Belleza Novelli





Acesse também:



Meditação para praticar o Desapego



http://www.sandrahbellezanovelli.com/2013/03/meditacao-para-praticar-o-desapego.html







TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL



http://www.sandrahbellezanovelli.com/p/terapeuta-de-frequencia-vibracional.html


+55 (11) 9-6431-1500 Tim / WhatsApp


Estou à disposição para atender você.

Aguardo o seu contato.

Com carinho,

Sandrah



Meditação para reconhecer o seu Inimigo Interno











"Quando não existe um inimigo dentro, 
 fora os inimigos não podem te machucar." 

 Provérbio Africano





*****************************************************

MEDITAÇÃO PARA RECONHECER
O SEU INIMIGO INTERNO




Você tem um inimigo?

Tem mesmo?

Tem certeza que tem um inimigo?



Então...
está na hora de você saber quem é!


Esse pode ser um momento revelador!


Você está preparado(a)?


Vamos em frente?


Então...


Vamos à meditação...


Você está preparado(a)
para descobrir o seu maior inimigo(a)?




Vamos lá...



Sente-se confortavelmente em uma poltrona.

Feche gentilmente os olhos.

Se preferir coloque uma música.

Coloque o foco da sua atenção na respiração
(dessa maneira o Ego cede espaço para
a manifestação do seu Eu Interior).

Sinta o ar entrar e sair dos pulmões.

Aos poucos vá se acalmando e relaxando.

Permaneça assim até encontrar o seu estado de paz interior.

E, só então prossiga com a meditação.



Agora liste na sua mente três situações ou acontecimentos
que não foram ou não são satisfatórios na sua vida.


Comece por ordem cronológica dos acontecimentos.


Verifique a primeira situação ou acontecimento:

Os sentimentos e emoções ligados à situação.
Os pensamentos ligados à situação.
As atitudes ligadas à situação.



E, agora vamos aprofundar um pouquinho
através do processo de Consciência.


Quais são os verbos que veem à tona
na sua mente agora
sobre a situação que você está pensando?

Eu não quero...

Eu não posso...

Eu não mereço...

Eu não aceito...

Eu não consigo...

Eu não reconheço...

Eu não... etc. etc. etc...


Essas conclusões que à que você chegou
através da consciência,
fazem com que você possa reconhecer agora
o seu maior inimigo: 

Você mesmo (a)!


Surpreso(a)?


Seu maior inimigo é você mesmo(a)!



Vamos continuar...


Retire o 'não'!


Modifique agora por:

Eu quero!

Eu posso!

Eu mereço!

Eu aceito!

Eu consigo!

Eu reconheço!


Já está melhorando.


Quais os sentimentos negativos ligados à essa situação
que veem à tona através do processo de consciência:

Medo?

Raiva?

Insegurança?



E, que agora,
através do processo de consciência
já podem ser modificados para o positivo?
Transforme!
Coragem, paz interior, segurança!


Reverencie esse acontecimento ou situação 
e todas as pessoas envolvidas.

Agradeça pelo aprendizado que você teve
através dessa situação e pessoas.


Agradeça por reconhecer o seu inimigo interior:
aquela parte de você mesmo(a),
que através do processo de consciência
pode ser modificada agora do negativo para o positivo,
da inconsciência para a consciência!



E agora deixe ir...
Respire...


E, assim, faça o mesmo com as outras situações...


Faça as pazes com o seu inimigo interno!

Fique do 'seu lado'!

E vibre com situações satisfatórias e positivas em sua vida!


Boa meditação.


Viva em paz com você!



Por Sandrah Belleza Novelli





Acesse também:


Meditação para Consciência

de nossa Luz e de nossa Sombra



http://www.sandrahbellezanovelli.com/2013/02/meditacao-para-consciencia-de-nossa-luz.html






TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL


http://www.sandrahbellezanovelli.com/p/terapeuta-de-frequencia-vibracional.html


+55 (11) 9-6431-1500 Tim / WhatsApp


Estou à disposição para atender você.

Aguardo o seu contato.

Com carinho,

Sandrah