ACESSE AQUI INFORMAÇÕES SOBRE O MEU TRABALHO E SESSÕES DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO

Mostrando postagens com marcador Inveja. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Inveja. Mostrar todas as postagens

Reflexão e Consciência para transformar a Inveja










"É tão natural destruir o que não se pode possuir, 
negar o que não se compreende
 ou insultar o que se inveja."

Honoré de Balzac




"Aqueles que não fazem nada 
estão sempre dispostos 
a criticar os que fazem algo.
O número dos que nos invejam 
confirma as nossas capacidades.
Somos capazes de sentir 
os sofrimentos de um amigo.
mas ver com agrado os seus êxitos 
exige uma natureza muito delicada."

Oscar Wilde





***********************************************

REFLEXÃO E CONSCIÊNCIA
PARA TRANSFORMAR A INVEJA





A inveja é um sentimento intrigante e que, 
com certeza, você já conhece.

Todos nós conhecemos!


Se pensou... não eu...
Talvez o que falte é você assumir 
que sente ou já sentiu inveja.



Luz e sombra existem na vida de
cada um de nós, seres humanos.

As sombras se sobrepõem em camadas,
de forma que
as sombras individuais ou pessoais
estão alojadas nas sombras familiares
que, por sua vez,
estão vinculadas nas sombras sócio culturais
que, ainda, estão interligadas nas sombras
global, humanitária e planetária.



 Os desafios da vida são oportunidades de testar
a elasticidade da nossa estrutura como Ser,
seja no plano físico, emocional, mental ou espiritual,
onde tanto a Luz quanto a Sombra são partes integrantes.



Você está com inveja de alguém atualmente?



Quem sabe com a lista abaixo
você possa identificar em você 
a última vez que teve esse sentimento:



Você já participou de...?


* fofoca,

* calúnia,

* insinuações maldosas,

* falsos testemunhos,

* desvalorização ou desdém de algo ou alguém,

* comentários venenosos,

* xingamentos,

* bajulação sem propósito,

* comentários depreciativos,

* críticas sobre algo ou alguém,

* 'conselhos' com intenções escusas,

* gestos faciais e corporais depreciativos sobre algo ou alguém, 

* brincadeiras de mau gosto,

* olhares que transparecem seus sentimentos,

* ironias ou sarcasmo à respeito de algo ou alguém,

* aquela inveja reprimida...
que fica
( só... ?! )
espiando ou espionando as redes sociais de alguém?



Ui! Ui! Ui!


Pois é!


Então...

Sinto muito lhe informar que
você também é portador do 'vírus' da inveja.


Porque se a inveja fosse um vírus não teria
muitos sintomas aparentes...


Já que o ódio faz espumar, 
a preguiça se derrama por aí,
a gula engorda visivelmente,
a avareza acumula,
a luxúria se oferece ostensivamente
e o orgulho reluz em brilhar...



E não adianta querer maquiar a inveja
dando nomes como:

* 'inveja boa',

* 'inveja do bem',

* 'inveja branca',

* 'inveja incolor',

* 'inveja colorida',

* 'inveja alegre'...

Porque não cola...

E... vamos combinar?

Inveja é * i n v e j a *!



E continuando...




Os termos característicos para designar
 um invejoso são:

* 'seca pimenteira',

* 'olho gordo',

* 'zóião',

* 'zóiudo',

* 'agorento(a)'...

E, por aí vai...




E o que é a inveja?

A inveja é aquele ódio calado
- que esconde algo muito doloroso
de admitir para nós mesmos -
e que sentimos bem lá no nosso cantinho secreto e escondido,
por não ser ou não ter o que o outro é ou tem.

E também, a inveja é um sentimento controverso,
porque indica que algo positivo desperta algo negativo. 

Já pensou nisso?



Hoje com o mundo consumista
existe a corrida por ter mais e mais e isso desencadeia:

* a comparação,

* a competição e

* o descontentamento.

E, esse desejo desenfreado e acalentado leva à inveja.

A inveja pode ser também, querer que o outro não tenha
aquilo que você não tem...

E se for amor, alegria, felicidade,
beleza, dinheiro, sexo, 
poder, liberdade, personalidade, 
experiência, sucesso... 

Afff... aí piorou!



A libertação do sentimento de inveja requer
tomada de consciência, disciplina, atenção,
educação, valores morais e
sobretudo autoestima!



E ser capaz de transformar 
o descontentamento e a insatisfação
com o que se tem e como se é
para um estado de serenidade e paz interior,
e de negativo em positivo
admirando um bem de alguém ou uma qualidade
e usar isso como incentivo
para conquistar as próprias metas.



Não confunda com ciúmes que é
querer a qualquer custo manter o que não se tem...



O tema que traz a inveja à tona é sempre alguma coisa 
que poderia revelar o que está faltando 
na personalidade da pessoa que está sentindo a inveja.

Observe que é como se o invejoso
falasse em voz alta algo 
aquilo que não gostaria que jamais viesse à tona.



Esse sentimento de inveja desencadeia 
os nossos pensamentos mais destrutivos 
e evocam as nossas emoções mais tóxicas:
mágoa, desesperança, raiva, ódio, ciúme, tristeza...



E temos também o medo de não sermos amados 
ou o medo de não sermos aceitos
se mostrarmos o nosso eu verdadeiro,
quando deixamos transparecer,
ou quando deixamos evidente o sentimento de inveja
e expomos o nosso Eu Sombra,
e, também, o medo nos adverte
que se expressarmos o nosso eu autêntico
seremos rejeitados, abandonados ou excluídos.



Para praticar esta meditação reflexiva 
é importante trazer do inconsciente para o consciente 
o fato de que você é a fonte 
de tudo o que projeta sobre pessoas,
acontecimentos ou situações
e circunstâncias do seu cotidiano.


E esse é um exercício diário...

Sempre que algo acontecer com você
e você manifestar esse sentimento de inveja,
no mesmo instante,
respire... 
volte-se para dentro de si 
e busque a fonte de onde surgiu esse sentimento. 


Apenas por alguns instantes feche os olhos, 
volte-se para dentro de si mesmo 
e observe a fonte e o porque desta inveja que está vindo.


De onde vem esse sentimento de inveja?

Qual é o tipo de inveja? 


Vá para dentro de si mesmo. 

Tenha amor e acolhimento por você mesmo 
e descobrirá qual é a fonte de onde esse sentimento de inveja 
está vindo neste momento. 


Sempre que isso acontecer
respire várias vezes,
até ir se acalmando,
e se conectando novamente com o seu centro de paz.



Observe internamente:

Os sentimentos e emoções que vem à tona.

As recordações, lembranças ou cenas 
já vividas anteriormente e que lhe voltam à mente
ou padrões repetitivos
que podem ser transformados agora
através da reflexão com consciência.


Apenas respire... E deixe ir...


Reverencie esse acontecimento ou situação
e as pessoa envolvidas
pois lhe proporcionou a chance 
de tomar consciência da sua inveja
para poder transformá-la
em algum sentimento que impulsione você
para a conquista, a construção ou
a busca de um objetivo para si mesmo(a).


Através da meditação reflexiva 
você percebe que a inveja serve como sinal 
ou como fonte de informação, 
não para nos incapacitar, paralisar 
ou inibir nossa maneira de ser e se manifestar, 
mas sim para trazer discernimento e clareza
para transformar esse sentimento. 


Você passa, 
então, 
a encarar com consciência 
aquilo que tem inveja 
e pode traçar uma meta para chegar onde deseja.


Transforme esse sentimento de inveja 
em energia criativa,
em algo que impulsione você para que algo bom 
possa se manifestar em sua vida!


Boa reflexão com consciência!



Por Sandrah Belleza Novelli




Acesse também:



Reflexão e Consciência 
de nossa Luz e de nossa Sombra










Reflexão para intensificar a Consciência
de nossa Luz e de nossa Sombra











Reflexão e Consciência para
conversar com a sua Sombra










Meditação para identificar os 'sete Pecados Capitais'










Meditação para identificar 'as sete Bênçãos'










Meditação para Autoestima










Meditação para reconhecer
seu Inimigo Interno










Meditação para estar em harmonia
com a Sustentabilidade










Meditação para Autotransformação
através da Consciência











Meditação para compreender o Ego












Meditação para controlar a Ansiedade












Meditação para entrar em contato
com a Felicidade Interior












Meditação para transformar
Pensamento Negativo em Positivo












Meditação para exercitar
a Calma e a Paciência












Meditação para conexão
com o Silêncio Interior















TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL






 +55 (11) 964-311-500 Tim / WhatsApp 



 Estou à disposição para atender você! 

 Aguardo o seu contato. 

 Com carinho,
Sandrah




Meditação para transformar a Inveja







"Aqueles que não fazem nada 
estão sempre dispostos 
a criticar os que fazem algo.
O número dos que nos invejam 
confirma as nossas capacidades.
Somos capazes de sentir 
os sofrimentos de um amigo.
mas ver com agrado os seus êxitos 
exige uma natureza muito delicada."

Oscar Wilde



"É tão natural destruir o que não se pode possuir, 
negar o que não se compreende
 ou insultar o que se inveja."

Honoré de Balzac






***********************************************

MEDITAÇÃO PARA TRANSFORMAR
A INVEJA



A inveja é um sentimento intrigante e que, 
com certeza, você já conhece.

Todos nós conhecemos!

Talvez o que falta é assumir 
que sente ou já sentiu inveja.



Quem sabe com a lista abaixo
você possa identificar em você 
a última vez que teve esse sentimento...



Você já participou de:

* fofoca, 

* calúnia, 

* insinuações maldosas,

* falsos testemunhos, 

* desvalorização de algo ou alguém,

* comentários venenosos,

* bajulação sem propósito, 

* comentários depreciativos,

* críticas sobre algo ou alguém,

* 'conselhos' com intenções escusas,

* gestos faciais e/ou corporais negativos sobre algo ou alguém, 

* brincadeiras de mau gosto,

* olhares que transparecem seus sentimentos, 

* ironias à respeito de algo ou alguém,

* ou aquela inveja reprimida...

* que fica espiando ou espionando
só... as redes sociais de alguém?

Ui!

Pois é!



Então...

Sinto lhe informar,
você é portador do 'vírus' da inveja.

E, porque vírus?
Porque se a inveja fosse um vírus não teria
muitos sintomas aparentes...

Já que o ódio faz espumar, 
a preguiça se derrama por aí,
a gula engorda visivelmente,
a avareza acumula,
a luxúria se oferece ostensivamente
e o orgulho reluz em brilhar...


E... não adianta querer maquiar a inveja
dando nomes como

* 'inveja boa',

* 'inveja do bem',

* 'inveja branca',

* 'inveja incolor',

* 'inveja colorida',

* 'inveja alegre'...

porque não cola... e
vamos combinar?
Inveja é * i n v e j a *!



Os termos característicos para designar
 um invejoso são:

* 'seca pimenteira'

* 'olho gordo'

* 'zóião'

* 'zóiudo'

e por aí vai...



Como se caracteriza a inveja?

A inveja é, muitas vezes, aquele ódio calado
- que esconde algo muito doloroso
de admitir para nós mesmos -
e que sentimos bem lá no nosso cantinho secreto e escondido,
por não ser ou não ter o que o outro é ou tem.
E, a inveja, também é um sentimento controverso 
porque indica que algo positivo desperta algo negativo. 



Hoje com o mundo consumista,
existe a corrida por ter mais e mais e isso desencadeia 
a comparação, a competição e o descontentamento e
esse desejo desenfreado e acalentado leva à inveja.


A inveja, pode ser também,
querer que o outro não tenha
aquilo que você não tem...

E... se for amor, alegria, felicidade,
beleza, dinheiro, sexo, 
poder, liberdade, personalidade, 
experiência, sucesso... 
afff... aí piorou!


A libertação do sentimento de inveja requer:

* tomada de consciência,

* disciplina,

* atenção,

* educação,

* valores morais,

e, sobretudo,

* autoestima!



E... que tal?

Ser capaz de transformar 
o descontentamento e a insatisfação
com o que se tem e como se é,
para um estado de serenidade e paz interior,
ou de negativo em positivo,
admirando um bem de alguém ou uma qualidade,
ou, ainda, usar isso como incentivo
para conquistar as próprias metas?


Observação:

Não confunda com ciúmes que é
querer a qualquer custo manter o que não se tem...



O tema que traz a inveja à tona é sempre alguma coisa 
que poderia revelar o que está faltando 
na personalidade da pessoa que está sentindo a inveja,
é como se o invejoso falasse em voz alta algo 
que não gostaria que jamais viesse à tona.


Já pensou nisso?


Esse sentimento de inveja desencadeia 
os nossos pensamentos mais destrutivos 
e evocam as nossas emoções mais tóxicas:
mágoa, desesperança, raiva, ódio, ciúme, tristeza, etc...


E temos também o medo de não sermos amados 
ou o medo de não sermos aceitos,
se mostrarmos o nosso eu verdadeiro,
quando deixamos transparecer
ou quando deixamos evidente o sentimento de inveja
e expomos o nosso Eu Sombra,
e o medo nos adverte
que se expressarmos o nosso eu autêntico
seremos rejeitados, abandonados ou excluídos.


Para praticar esta meditação reflexiva,
é importante trazer do inconsciente para o consciente 
o fato de que você é a fonte 
de tudo o que projeta sobre pessoas,
acontecimentos ou situações
e circunstâncias do seu cotidiano.



E esse é um exercício diário...
sempre que algo acontecer com você
e você manifestar esse sentimento de inveja
no mesmo instante
respire... 
volte-se para dentro de si 
e busque a fonte de onde surgiu esse sentimento. 


Apenas por alguns instantes feche os olhos, 
volte-se para dentro de si mesmo 
e observe a fonte e o porque desta inveja que está vindo.


De onde vem esse sentimento de inveja?

Qual é o tipo de inveja? 


Tenha amor e acolhimento por você mesmo 
e descobrirá qual é a fonte de onde esse sentimento de inveja 
está vindo neste momento. 


Sempre que isso acontecer,
respire várias vezes
até ir se acalmando,
e se conectando novamente com o seu centro de paz.



Observe internamente:

Os sentimentos e emoções que vem à tona.
As recordações, lembranças ou cenas
já vividas anteriormente e que lhe voltam à mente
ou padrões repetitivos que podem ser mudados agora.


Apenas respire... E deixe ir...


Reverencie esse acontecimento ou situação
e as pessoa envolvidas,
pois lhe proporcionou a chance 
de tomar consciência da sua inveja,
para poder transformá-la.


Através da meditação reflexiva 
você percebe que a inveja serve como sinal 
ou como fonte de informação, 
não para nos incapacitar, paralisar 
ou inibir nossa maneira de ser e se manifestar, 
mas sim para trazer discernimento e clareza
para transformar esse sentimento. 


Você passa, 
então, 
a encarar com consciência 
aquilo que tem inveja 
e pode traçar uma meta para chegar onde deseja.


Transforme esse sentimento de inveja 
em energia criativa,
em algo que impulsione você para que algo bom 
possa se manifestar em sua vida!


Boa meditação reflexiva!


Por Sandrah Belleza Novelli





Acesse também:



Meditação para identificar os 'sete Pecados Capitais'






Meditação para identificar 'as sete Bênçãos'







Meditação para Autoestima








Meditação para Consciência
de nossa Luz e de nossa Sombra 



http://www.sandrahbellezanovelli.com/2013/02/meditacao-para-consciencia-de-nossa-luz.html 




TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL 



http://www.sandrahbellezanovelli.com/p/terapeuta-de-frequencia-vibracional.html



+55 (11) 9-6431-1500 Tim / WhatsApp



Estou à disposição para atender você!

Aguardo o seu contato.

Com carinho,

Sandrah