ACESSE AQUI INFORMAÇÕES SOBRE O MEU TRABALHO E SESSÕES DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO

Mostrando postagens com marcador TERAPIA VIBRACIONAL POR TELEFONE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador TERAPIA VIBRACIONAL POR TELEFONE. Mostrar todas as postagens

FREQUÊNCIA VIBRACIONAL Por Sandrah Belleza Novelli / Terapeuta de Frequência Vibracional








FREQUÊNCIA VIBRACIONAL




CURANDO AS FERIDAS EMOCIONAIS





Uma das questões que mais atendo em terapia tem relação com as feridas emocionais, que passam a reverberar na pessoa como padrão repetitivo de comportamento, trazendo como consequência conflitos, problemas de relacionamento e diversos temas relacionados à falta de auto estima e bem-estar na vida.



A vida e o viver não nos ensinam a sentir a emoção. Não adquirimos um manual de instruções com itens listados um a um de como proceder nos diversos dilemas, problemas e diante das dificuldades emocionais que enfrentamos durante a vida. 



É importante destacar uma perspectiva relevante que é o seguinte: aquilo que vivenciamos emocionalmente na infância acaba por se tornar a nossa própria concepção de padrão de comportamento diante das questões que vão se apresentar no decorrer da vida.



Reflita um pouco sobre o seguinte: Por quantas vezes você já se programou para fazer uma dieta ou mudar um hábito negativo como beber ou fumar, ou alguma outra questão de relacionamento ou trabalho e ficou só na tentativa, e não foi adiante? Parece que é simples, mas transformar hábitos é complexo, é como se houvesse dentro de você um inimigo oculto que leva você a sair do caminho. Algumas questões da infância, que foram traumáticas e complexas, que ficaram guardadas profundamente no inconsciente ou no subconsciente até como uma maneira de defesa, para não sentir a dor que provocavam?  Estas questões, mesmo adormecidas ou esquecidas provocam padrões de comportamentos inconscientes que nos prejudicam na nossa vida do dia a dia.





Sentir emoção é inato, não precisamos aprender. E esse é, sem dúvida o grande aprendizado e um dos segredos que vão nortear o nosso processo evolutivo aqui neste Planeta, ou seja, conviver com a emoção e através do processo de Consciência trazer do inconsciente e do subconsciente para a superfície o que já temos condições de curar.



Mas, como é o processo, através da Terapia de Frequência Vibracional, de poder aprender sobre as emoções humanas, desvendar os mistérios que envolvem as próprias emoções, a percepção das emoções em si e também nos outros e sua influência nas tomadas de decisões da sua vida?



Eu, como TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL, nas Sessões de Atendimento Terapêutico Por Telefone ( http://www.sandrahbellezanovelli.com/2017/04/como-e-sessao-de-atendimento.html ), auxilio as pessoas na compreensão das emoções, na tomada de consciência da formação dos processos de conflitos pessoais e interpessoais, e sinalizo através de várias técnicas ( http://www.sandrahbellezanovelli.com/p/quem-eu-sou.html ) e de alternativas como a percepção, a sensação e a observação de si mesmo(a), que possibilitam o auto desenvolvimento de aptidões que permitam novas formas de ser e estar na vida, e consequentemente de sentir, pensar e agir.



O meu trabalho tem como base estudos que mostram que as pessoas podem se conscientizar e aprender sobre suas emoções para viver e conviver melhor e alcançar o seu bem-estar. 



O processo inclui além da sensação, da observação e da percepção, também a identificação, nomeação e transformação de emoções e sentimentos, tais como: raiva, ansiedade, tristeza, medo, insatisfação, ódio, depressão, frustração, angústia, dentre outros, denominados negativos e prejudiciais para a sua saúde -  física, mental, emocional e espiritual - , para a vibração em frequências de sentimentos positivos, tais como: amor, paz de espírito, saúde, alegria, confiança, harmonia, equilíbrio, felicidade, etc.



É importante observar que os problemas ou as dificuldades emocionais vividos na infância podem provocar, como consequência, algumas ou várias cicatrizes emocionais, e esse é um dos indícios que pode predizer como será a qualidade de vida dessa pessoa quando adulta.



Vou comentar à respeito de cinco das principais feridas emocionais, ou seja, cinco experiências dolorosas e sofridas da infância, que, aliadas à uma parte que compõe a personalidade humana de cada pessoa, podem direcionar a(s) tendência(s) de como se projetará esse aspecto do passado, no presente e no futuro. E isso pode ajudar você a observar quais são as suas feridas:



1- A ferida do abandono:



Qual é o principal aspecto que caracteriza a ferida do abandono? A solidão é o pior inimigo para quem foi negligenciado ou abandonado na infância. Quem já sofreu abandono tende a abandonar prematuramente as pessoas com quem mantém um relacionamento, ou também os seus projetos de vida, por medo de ser abandonado(a) novamente.



As expressões que caracterizam a verbalização das pessoas com essa ferida, podem ser, por exemplo: “eu vou antes de você me deixar”, “ninguém me apoia, não estou disposto a suportar isso”, “se você for, não precisa mais voltar…”, etc.



As pessoas que têm feridas emocionais de abandono na infância precisam trabalhar o medo da solidão, o medo de ser rejeitado(a) e as barreiras invisíveis ao contato físico.



Todas as feridas requerem um estado alerta de consciência para poderem ser curadas. E, a ferida causada pelo abandono, como também as outras, requer um processo terapêutico e um tempo, que é individual, para que se possa curar.


E um dos indicativos de melhora, é quando você já consegue perceber que esse medo da solidão começa a desaparecer, dando lugar a um diálogo interno mais positivo, com a frequência vibracional da paz interior, da esperança e do bem-estar.



2- A ferida da rejeição:



Como se caracteriza a ferida da rejeição? O medo da rejeição é uma das feridas emocionais mais profundas, porque implica, pasmem, na rejeição de nós mesmos, do nosso interior, do nosso Ser Interior. E essa ferida vibra no dia  a dia em nossos pensamentos e nossos sentimentos, e consequentemente em nossas experiências, atos e ações diante do que a vida nos apresenta.



Esse medo pode ter se manifestado por vários fatores como, por exemplo, através da rejeição dos pais, da família, de tutores, de colegas, que impulsionam a geração de pensamentos de auto-rejeição, de auto-desqualificação, de baixa auto estima, de sentimentos de menos valia, etc.



A pessoa que tem medo de ser rejeitada não se sente digna de receber afeto ou de ser compreendida e por isso se isola em si mesma, em seu vazio interior, e se distancia do convívio com as pessoas.



As pessoas que sofreram rejeição têm a possibilidade de que sejam evasivas e por isso é necessário trabalhar os seus temores, os medos internos e até as situações que por ventura possam gerar pânico.



Se este for o seu caso, procure pouco a pouco ocupar o seu lugar no mundo, arriscar-se, e tomar suas próprias decisões. E, aos poucos, perceba que você ficará menos incomodado(a) se alguém se afastar ou se esquecer de você em algum momento,  e você não levará mais esse acontecimento para o lado pessoal.



3- A ferida da humilhação:



Como surge essa ferida? Esta ferida surge quando, em algum momento, sentimos que outros nos desaprovam ou nos criticam.



Podemos gerar esse tipo de problemas, por exemplo, nas crianças, em filhos, sobrinhos, alunos, se dissermos à eles que são maus, estúpidos, pouco inteligentes, feios, ou seja atributos negativos, ou também se os compararmos à outras crianças, isto destrói a autoestima deles e os coloca na vibração de frequência da humilhação.



As feridas emocionais de humilhação geram, como consequência, uma personalidade dependente. E também, além disso, como mecanismo de defesa, a criança pode aprender a se defender do mundo ao seu redor com aspectos da personalidade como a tirania e o egoísmo, além de ter a tendência de repetir na vida adulta as humilhações pelas quais passou, humilhando outros em seu convívio pessoal ou profissional.



Ter sofrido esse tipo de experiência requer que você trabalhe a sua independência, a sua liberdade, e a compreensão das suas necessidades e prioridades.



4- A ferida da traição:



Quando surge a ferida da traição? Essa ferida surge quando a criança se sente traída por um de seus pais, o pai ou a mãe, ou a pessoa que exerce para a criança essa figura, podendo ser tio ou tia, avô ou avó, educadores, tutores, etc., principalmente no descumprimento de promessas. Isso cria uma desconfiança que pode ser transformada futuramente, na vida adulta, em sentimento de inveja e em outros sentimentos negativos por ficarem na vibração de não se sentirem merecedores do que foi prometido, e também das coisas e das situações que outras pessoas possuem.



Essa ferida do sofrimento de uma traição na infância constrói uma pessoa de personalidade controladora quando adulta. Se você sofreu este trauma na infância, você provavelmente sente a necessidade de exercer algum controle sobre os outros, o que normalmente se atribui ou até tenta se justificar com a argumentação como sendo uma pessoa de personalidade forte.



Essas pessoas, muitas vezes, tendem a confirmar seus erros por meio de suas ações, exercendo o controle. Para você curar as feridas emocionais da traição, é necessário trabalhar a paciência, a tolerância e o saber viver, assim como aprender a estar sozinho e a assumir responsabilidades.



5- A ferida da injustiça:



Como se origina a ferida da injustiça? A injustiça como ferida emocional se origina em um ambiente onde os cuidadores primários são frios e autoritários, o que inclui pai e mãe, tio ou tia, avô ou avó, tutores ou educadores, e isso é ocasionado devido à uma exigência exagerada de exercer limites, que gera sentimentos profundos de impotência e inutilidade, que se manifestam aos poucos na infância e depois se exacerbam com a idade adulta.



A consequência direta da ferida da injustiça na conduta daqueles que a sofreram é a rigidez, estas pessoas têm a tendência a quererem ser muito importantes, se destacarem, estarem sempre em evidência e também a adquirir grande poder. Além disso, em alguns casos, é provável que a pessoa desenvolva uma obsessão pela ordem e pelo perfeccionismo, bem como, a incapacidade de tomar decisões com confiança.



Como trabalho de transformação interna através do processo de consciência, essa ferida, para ser curada, requer trabalhar a desconfiança e a rigidez mental, criando o máximo de flexibilidade, que deve incluir o processo de confiar em si mesmo(a), e em outros e delegar.


É interessante como há também características físicas que identificam  essas feridas nas pessoas, e que podem mostrar como em uma fotografia simplesmente olhando para a(s) pessoa(s), mas essa explicação fica para uma próxima postagem.



Agora que já expliquei de maneira sucinta sobre as cinco feridas emocionais que podem afetar o seu bem-estar, a sua saúde e a sua capacidade de desenvolvimento como pessoa, você já pode, se quiser,  começar o seu processo de cura.



Estou à disposição para atender você.



Aguardo o seu contato.



Com carinho,

Sandrah












TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL












 +55 (11) 964-311-500 Tim / WhatsApp 






 Estou à disposição para atender você! 



 Aguardo o seu contato. 



 Com carinho,

Sandrah









* * * ATENDIMENTO TERAPÊUTICO * * *











SESSÕES DE ATENDIMENTO POR TELEFONE
















SESSÃO DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO - QUANTIDADE E DURAÇÃO


















ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS:







' Sessão de Atendimento Terapêutico

de Conexão com o Ser Interior

para Harmonizar, Equilibrar e Potencializar

a sua Frequência Vibracional ® ' ,






' Reflexão através da Consciência

com Atendimento Personalizado

e Especial para Você ® ' ,






' Meditação através da Consciência Personalizada e

Especial para Você ®' , 






' Integração entre Feminino e Masculino e

Reencontro com a Criança Interior ® ' ( Parte I ) ,






' Integração entre Feminino e Masculino e

Portal de Abertura para o Futuro ® ' ( Parte II ) ,






' Radiestesia e Radiônica com

Ênfase em Frequência Vibracional ® ' ,






' Harmonia Frequencial e Cura Vibracional ® ' ,






' Meditação *Banho de Luzes* Personalizada e

Especial para Você ® ' , 






' Projeto Compartilhar ® - Sessão Gratuita de

Atendimento Terapêutico por Telefone ' ,






' Identificação e Cura dos Arquétipos

de Pai e Mãe em Você

com Ênfase em Frequência Vibracional ® ' ,






' Teia Cósmica Multidimensional ® '
















ATENDIMENTOS EM GRUPO:









' Harmonia Frequencial e Cura Vibracional ®' ,






' Curso Alcançando o Bem-estar através da Consciência ® ' ,






' Curso de Iniciação * Os 24 Raios Cósmicos * ® ' ,






' Mini Curso * Conexão com seu Anjo de Guarda* ,

* Conexão com seu Animal de Poder * e

* Conexão com seu Mestre Mentor e/ou Mestre de Cura * ® ' ,






' Curso de Autocura pela Frequência Vibracional ® ' ,










Até breve!



Sandrah




Terapeuta de Frequência Vibracional ensinando como ajustar a sua melhor Frequência Vibracional









COMO AJUSTAR A SUA MELHOR
FREQUÊNCIA VIBRACIONAL?





Entre em contato !




TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL








+ 55 (11) 964-311-500 Tim / WhatsApp



http://www.sandrahbellezanovelli.com/p/contato.html




Estou à disposição para atender você!


Aguardo o seu contato.


Com carinho,
Sandrah









* * * ATENDIMENTO TERAPÊUTICO * * *





SESSÕES DE ATENDIMENTO POR TELEFONE







SESSÃO DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO - QUANTIDADE E DURAÇÃO








ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS:



' Sessão de Atendimento Terapêutico
de Conexão com o Ser Interior
para Harmonizar, Equilibrar e Potencializar
a sua Frequência Vibracional ® ' ,


' Reflexão através da Consciência
com Atendimento Personalizado
e Especial para Você ® ' ,


' Meditação através da Consciência Personalizada e
Especial para Você ®' , 


' Integração entre Feminino e Masculino e
Reencontro com a Criança Interior ® ' ( Parte I ) ,


' Integração entre Feminino e Masculino e
Portal de Abertura para o Futuro ® ' ( Parte II ) ,


' Radiestesia e Radiônica com
Ênfase em Frequência Vibracional ® ' ,


' Harmonia Frequencial e Cura Vibracional ® ' ,


' Meditação *Banho de Luzes* Personalizada e
Especial para Você ® ' , 


' Projeto Compartilhar ® - Sessão Gratuita de
Atendimento Terapêutico por Telefone ' ,


' Identificação e Cura dos Arquétipos
de Pai e Mãe em Você
com Ênfase em Frequência Vibracional ® ' ,


' Teia Cósmica Multidimensional ® '







ATENDIMENTOS EM GRUPO:




' Harmonia Frequencial e Cura Vibracional ®' ,


' Curso Alcançando o Bem-estar através da Consciência ® ' ,


' Curso de Iniciação * Os 24 Raios Cósmicos * ® ' ,


' Mini Curso * Conexão com seu Anjo de Guarda* ,
* Conexão com seu Animal de Poder * e
* Conexão com seu Mestre Mentor e/ou Mestre de Cura * ® ' ,


' Curso de Autocura pela Frequência Vibracional ® ' ,




Até breve!

Sandrah


Qual o benefício da Sessão de Atendimento Terapêutico e/ou da Sessão de Consultoria com Ênfase em Frequência Vibracional? Por Sandrah Belleza Novelli







Qual ou quais o(s) benefício(s) da Sessão de Atendimento Terapêutico e/ou da Sessão de Consultoria com Ênfase em Frequência Vibracional?



Vou começar explicando sobre Frequência Vibracional. Todos nós temos um documento de identificação, independente do país onde se nasce ou vive no Planeta Terra. Aqui no Brasil temos a nossa carteira de identidade, com uma numeração, que nos identifica.

E você já parou para pensar como é a identificação de frequência do nosso corpo energético, que vibra para todo o Universo?

Cada Ser é único e tem sua própria frequência e vibração.

Há diversos patamares de frequência vibracional nos quais podemos vibrar, que vão desde as frequências amorosas e de luz até as frequências de sentimentos ruins e perturbadores e de sombra, das mais sutis às mais densas.

Cada Ser possui um corpo vibracional próprio e individual, uns diferentes dos outros, emitindo frequências próprias em função de seu nível e graduação do estado de Consciência. 

Todos nós nos expressamos através de frequências, que são geradas na realidade física a partir dos nossos corpos vibracionais, havendo ressonância desde o nosso corpo físico até abranger o campo de nossos corpos sutis (emocional, mental, espiritual, multidimensional), emitindo e recebendo, concomitantemente, energia, que pode ser positiva ou negativa, conforme a polaridade da sua vibração interior, que são, consequentemente, direcionadas a si mesmo, às demais pessoas do Planeta Terra, aos minerais, animais e vegetais e ao Cosmos, Universo.




Há diversos tipos de Frequência Vibracional, vou explicar agora, por exemplo, a luz...

Outra explicação que pode ser resumida em uma pergunta: A luz é onda ou partícula?

E segue, então, a resposta.

De todos os sentidos que o corpo humano dispõe, a visão é, talvez, o mais importante. Sentimos medo do escuro justamente por que, nessas condições, nossa visão é bastante prejudicada. Nossa audição é fraca, nosso olfato é fraco. Embora não tenhamos a visão aguçada de um lince , nossos olhos podem nos comunicar o que está acontecendo ao nosso redor com muito mais eficácia do que qualquer outro sentido.

Mas, por que e como os nossos olhos têm a capacidade da visão, de ver, enxergar? Vemos porque existe a luz.

Vemos somente por que os objetos refletem, parcialmente, a luz que incide sobre eles. E é muito fácil comprovar isso, por exemplo, um quarto permanece escuro durante a noite se não houver algum tipo de fonte luminosa para iluminá-lo. Ao ligarmos uma lâmpada ele fica iluminado e todos os objetos que lá estão são percebidos por nossos olhos e registrados pelo nosso cérebro.

E, em nosso Planeta Terra, qual é a fonte natural mais importante de luz? O Sol.

Ao longo de toda a nossa vida sentimos a diferença entre o dia e a noite, resultado de termos ou não a preciosa iluminação fornecida pelo Sol. O que precisamos entender é que essa iluminação natural é produzida por uma parte da energia radiante emitida pela nossa estrela mais próxima.

E, com tudo isso, como é possível provar que a luz é energia?

Na prática é simples. Se você permanece na parte iluminada pelo Sol estando na rua, em pouquíssimo tempo sentirá na sua pele o aquecimento provocado pela incidência dessa energia, enquanto dentro você não sentirá isso.

Luz é energia, é radiação emitida pelo Sol. No entanto, a luz é apenas uma pequena parte da radiação emitida pelo Sol, uma pequena parte de algo muito maior que recebe o nome de radiação eletromagnética.

O que é a luz? A luz é uma partícula. O que é exatamente a luz? Como ela é produzida? De que a luz é feita?

Nos últimos quatro séculos essas perguntas atormentaram os cientistas. Uma das primeiras pistas importantes sobre o que era a luz surgiu a partir de uma experiência muito simples realizada por Isaac Newton no final do século XVII.

Nessa época os cientistas, ou melhor os filósofos naturais pois ainda não havia sido inventada a palavra cientista, sabiam que um feixe de luz solar ao atravessar um prisma de vidro era separado em um conjunto de cores semelhantes àquelas que eram observadas nos arco-íris. Essa banda com as cores do arco-íris foi chamada de espectro.

Até aquela época os filósofos naturais acreditavam que a separação observada da luz branca em várias bandas coloridas quando atravessava um prisma era devida à interferência do próprio prisma. Para eles o prisma adicionava essas cores à luz branca.

Newton mudou essa interpretação ao demonstrar que a luz branca, na verdade, era uma mistura de todas as cores e que essa separação em bandas coloridas não tinha qualquer relação com o prisma.

Para provar isso ele passou um feixe de luz solar em um prisma, obtendo o conhecido espectro colorido e em seguida passou esse espectro por um segundo prisma invertido em relação ao primeiro, e como resultado ele encontrou que somente luz branca emergia do segundo prisma. Ficava claro, então, que o segundo prisma reunia as cores do arco-íris e formava novamente o feixe de luz solar original. Ele também sugeriu que a luz era composta de pequeníssimas partículas indetectáveis ou seja, corpúsculos. Com isso ele apresentou ao mundo científico a chamada teoria corpuscular da luz.

E afinal, a luz é uma onda ou partícula?

Em meados do século XVII o astrônomo holandês Christian Huygens propôs uma teoria que explicava a natureza da luz de um modo bem diferente daquele apregoado por Newton. Para ele a luz se desloca no espaço sob a forma de ondas e não como partículas. Ele apresentou a chamada teoria ondulatória da luz.

Por volta de 1801 a comunidade científica ficou convencida de que a luz era realmente uma onda graças às experiências realizadas pelo físico inglês Thomas Young. Sua experiência era bem simples. Ele fez com que um feixe de luz, após passar por um anteparo opaco onde haviam duas fendas estreitas e paralelas, incidisse sobre uma superfície branca situada a alguma distância dessas fendas. Se a luz fosse formada por partículas, que era a ideia defendida por Newton, os dois feixes de luz provenientes das duas fendas formariam simplesmente imagens brilhantes das fendas sobre a superfície branca. No entanto, não era isso que acontecia. Ao realizar sua experiência Young notou que na superfície branca do anteparo era formada uma distribuição regular de bandas claras e escuras que se alternavam regularmente. Isso era exatamente o que se esperava acontecer se a luz tivesse propriedades ondulatórias.

A descoberta da natureza ondulatória da luz trouxe consigo inúmeras perguntas difíceis de responder naquela época.

O que formam as ondas de luz?

O conceito de ondas está associado a um processo de oscilação.

No caso da luz, o que está oscilando?

As respostas só começaram a ser conhecidas com as descobertas que associaram a ciência da eletricidade com a ciência do magnetismo. Mais ainda, foi preciso mostrar que essa associação incluía a luz.

Que interessante! Então a luz é algumas vezes onda e algumas vezes partícula? Isso mesmo.

A teoria quântica, desenvolvida no início do século XX, postula que a luz é composta de pequeníssimos pacotes de energia chamados fótons. As partículas de luz são os fótons.

No entanto, isso não significa que o modelo ondulatório da luz tenha sido abandonado. Os dois modelos, seja o do fóton ou o ondulatório, são igualmente úteis para explicar as propriedades físicas da luz tais como brilho, cor e velocidade.

É por essa razão que a física moderna hoje fala que a luz possui uma dualidade onda-partícula. Assim, os físicos hoje podem escolher qual o modelo que melhor descreve um fenômeno particular.

Por exemplo, a reflexão da luz em um espelho é mais facilmente compreendida se imaginarmos fótons ou seja, partículas de luz, golpeando o espelho e retornando do mesmo modo que uma bola retorna ao colidir com uma parede. Por outro lado, o modelo ondulatório explica bem mais facilmente a focalização de um feixe luminoso por uma lente.

O brilho ou intensidade da luz pode ser descrito de modo conveniente por ambos modelos. Tanto o brilho como a intensidade medem a quantidade de energia transportada pela onda.

Se imaginarmos a luz como fótons a intensidade é proporcional ao número de fótons que se deslocam em uma dada direção. Se imaginarmos a luz como uma onda, a intensidade está relacionada com a força da energia elétrica e magnética vibrantes da onda.

Afinal, o que é a luz?

Hoje sabemos que a luz é a parte visível da radiação eletromagnética que se propaga em qualquer meio e até mesmo no vácuo. Mas, para chegar a essa compreensão, foram necessários muitos anos de pesquisas.

Várias experiências mostraram que uma carga elétrica é circundada por uma campo elétrico e que um objeto magnetizado é circundado por um campo magnético.

E no início do século XIX outras experiências demonstraram que uma carga elétrica que se desloca produz um campo magnético e que o movimento em um campo magnético dá origem a um campo elétrico. Mesmo assim, considerava-se naquela época que existiam duas ciências independentes: a ciência da eletricidade e a ciência do magnetismo.

Em meados do século XIX o físico e matemático escocês James Clerk Maxwell mostrou que todos os fenômenos elétrico e magnéticos podiam ser descritos por um conjunto básico de apenas quatro equações.

Essas equações mostravam que a força elétrica e a força magnética eram apenas duas manifestações diferentes de um único fenômeno físico que hoje conhecemos como eletromagnetismo.

Combinando suas equações, Maxwell mostrou que os campos elétrico e magnético propagavam-se através do espaço sob a forma de ondas.

O conjunto formado pelas ondas de campo elétrico e magnético que se propagam acopladas no espaço passou a ser conhecido como onda eletromagnética. Ele também verificou que as ondas eletromagnéticas se deslocavam no espaço a uma velocidade de 3 x 108 metros por segundo, um valor semelhante àquele medido para a velocidade da luz. Dessa forma Maxwell mostrou que as equações que descreviam o eletromagnetismo traziam dentro delas o conceito de luz.

Tendo em vista que a luz passava a ser entendida como um fenômeno que envolve os campos elétrico e magnético, ela passou a ser considerada uma forma de radiação eletromagnética.

Desse modo, hoje dizemos que, segundo os conceitos da teoria ondulatória, a luz é uma forma de radiação criada por campos elétrico e magnético que oscilam perpendicularmente um ao outro à medida que se propagam pelo espaço.

No entanto, precisamos ter em mente que a luz visível é apenas uma pequena parte da radiação eletromagnética. Faltava muito ainda para que os cientistas soubessem realmente o que era a radiação eletromagnética.

Os comprimentos de onda da luz visível são muito pequenos, aproximadamente do tamanho de uma bactéria. Por esse motivo eles usualmente não são medidos em metros mas em bilionésimos de metros, uma unidade chamada nanômetro e que é abreviada como nm. Por exemplo, o comprimento de onda da luz vermelha tem cerca de 7 x 10-7 metro ou seja 700 nanômetros. A luz violeta por sua vez tem o comprimento de onda de 4 x 10-7 metro ou 400 nanômetros. A tabela abaixo mostra os comprimentos de onda das cores primárias nas três unidades usadas para a medição. A equivalência entre as cores e os valores de comprimento de onda são apenas aproximados.

Tabela de comprimento de onda 

Cor                           Nanômetro(nm)       Micrometro(μm)        Angstrom(Å)

Vermelho                     700                                   0,70                            7000
Amarelo                       580                                   0,58                            5800
Azul                              480                                   0,48                            4800
Violeta                          400                                   0,40                            4000






Como é o meu trabalho como TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL?



Já estou nessa jornada de autoconhecimento e Consciência desde a minha infância, praticamente desde os sete anos, conforme tenho lembrança, e atendo há mais de vinte anos, desde 1995 como Terapeuta.

Meu trabalho se baseia em meus estudos sobre os planos de Consciência e o nosso processo evolutivo aqui neste plano de existência, e da observação de que tanto os problemas, quanto as soluções se originam do nós mesmos. E, muitas vezes, a solução para os ditos problemas não é alcançada porque a pessoa não consegue entrar na frequência vibracional da Consciência que vai proporcionar a solução e/ou a cura daquela situação que está passando no momento.





E o que o meu trabalho como Terapeuta de Frequência Vibracional proporciona? Quais são os benefícios?



Nos meus atendimentos auxilio as pessoas, através da Consciência, para que possam viver com bem-estar, e que o processo de trocas vibracionais, através de seus campos bio magnéticos e sua aura, se manifeste mais harmoniosamente. 

A vibração de cada pessoa a identifica, através de reverberar o seu pensar, sentir e agir, o que está, obviamente, de acordo com o seu padrão evolutivo e conforme os diversos níveis de consciência.

Eu acredito que todos nós possuímos dons, talentos, potenciais, habilidades e saberes mágicos, que muitas vezes podem se encontrar inconscientes, e que, através do processo de Consciência podem vir a fazer a diferença na sua vida, e também na vida de outras pessoas.

O principal objetivo do meu trabalho e dos meus atendimentos é auxiliar as pessoas, para que através da Consciência acessem e mantenham, no seu dia a dia, frequências vibracionais mais elevadas e em sintonia com o bem-estar, o equilíbrio e a harmonia do Ser.

Através do meu trabalho auxilio você a acessar e vibrar na sua frequência vibracional original, onde todos os seus tesouros estão guardados, e consequentemente, a melhorar a forma como você vai usar e entregar esse precioso conteúdo ao mundo.





Como entrar em contato para marcar a Sessão de Atendimento Terapêutico por Telefone ou a Sessão de Consultoria com Ênfase em Frequência Vibracional?





TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL






+55 (11) 964-311-500 Tim / WhatsApp 



Estou à disposição para atender você! 

Aguardo o seu contato. 

Com carinho,
Sandrah








* * * ATENDIMENTO TERAPÊUTICO * * *





SESSÕES DE ATENDIMENTO POR TELEFONE







SESSÃO DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO - QUANTIDADE E DURAÇÃO








ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS:



' Sessão de Atendimento Terapêutico
de Conexão com o Ser Interior
para Harmonizar, Equilibrar e Potencializar
a sua Frequência Vibracional ® ' ,


' Reflexão através da Consciência
com Atendimento Personalizado
e Especial para Você ® ' ,


' Meditação através da Consciência Personalizada e
Especial para Você ®' , 


' Integração entre Feminino e Masculino e
Reencontro com a Criança Interior ® ' ( Parte I ) ,


' Integração entre Feminino e Masculino e
Portal de Abertura para o Futuro ® ' ( Parte II ) ,


' Radiestesia e Radiônica com
Ênfase em Frequência Vibracional ® ' ,


' Harmonia Frequencial e Cura Vibracional ® ' ,


' Meditação *Banho de Luzes* Personalizada e
Especial para Você ® ' , 


' Projeto Compartilhar ® - Sessão Gratuita de
Atendimento Terapêutico por Telefone ' ,


' Identificação e Cura dos Arquétipos
de Pai e Mãe em Você
com Ênfase em Frequência Vibracional ® ' ,


' Teia Cósmica Multidimensional ® '







ATENDIMENTOS EM GRUPO:




' Harmonia Frequencial e Cura Vibracional ®' ,


' Curso Alcançando o Bem-estar através da Consciência ® ' ,


' Curso de Iniciação * Os 24 Raios Cósmicos * ® ' ,


' Mini Curso * Conexão com seu Anjo de Guarda* ,
* Conexão com seu Animal de Poder * e
* Conexão com seu Mestre Mentor e/ou Mestre de Cura * ® ' ,


' Curso de Autocura pela Frequência Vibracional ® ' ,




Até breve!

Sandrah