ACESSE AQUI INFORMAÇÕES SOBRE O MEU TRABALHO E SESSÕES DE ATENDIMENTO TERAPÊUTICO

Mostrando postagens com marcador Timo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Timo. Mostrar todas as postagens

Despertar e Expansão da Consciência XXXIV / Bem-estar através da Consciência









Despertar e Expansão da Consciência XXXIV




Angústia, Ansiedade e Depressão






Neste momento, avaliando de 0 a 10,
como está a sua angústia ou ansiedade?

Onde zero é péssimo e 10 é ótimo.

Se a nota for menor do que 5 não está bem.

Então, que tal?

Quer fazer um exercício?

Já escutou falar sobre auto cura?

Vamos à prática?

Respire e solte os ombros...

Com essa respiração profunda,
perceba como está a região dos ombros.

Qual dos lados está mais travado e qual está mais tenso?

Os dois lados estão iguais?

Como está a respiração, curta ou longa, calma ou agitada?


Como está o seu peito,

calmo e em paz ou ansioso,
angustiado ou triste?

Qual a maneira com que você leva a sua vida?

Para você, a vida é fácil, tudo flui ou
a vida é um peso, é pesada e tudo é difícil?

Essas são respostas muito importante.

A região dos ombros é
a que recebe toda a sobrecarga emocional,
e consequentemente, relata através do seu corpo
como você encara a vida.

A respiração dita o seu ritmo de bem-estar interior e,

consequentemente,
a maneira como se relaciona com o mundo exterior.

O corpo demonstra como estão as suas águas internas,

o seu emocional.
Observação: o corpo humano tem aproximadamente
de 60 a 65% de água.
Águas claras, límpidas, translúcidas e tranquilas ou
águas turvas, nebulosas e agitadas.

Agora, para melhorar o bem-estar geral
vamos estimular a região do timo?

Sim!

Onde fica o timo?

O timo é aquela glândula que fica bem no centro do peito,
no local onde quando você fala de si mesmo(a)
aponta o local no seu peito para si e diz 'eu'.
No centro do peito perto do osso esterno.
Aí mesmo!
Já localizou?

Vamos continuar?

Faça leves e pequenos toques,
com gentileza e amor,
com as pontas dos dedos de uma das mãos unidas,
com movimentos ininterruptos na região
por um tempo que você sinta
que é suficiente para você.

Comece!

Respire...

Isso fortalece e estimula a imunidade do corpo
e altera a frequência emocional,
liberando angústia, ansiedade e depressão leve.

É uma sensação reconfortante que traz calma.

Inspire e expire,
e nesse processo visualize e
sinta com a inspiração:
'estou em paz'
e com a expiração:
'solto toda a tensão, ou angústia, ou ansiedade,
ou irritabilidade, ou raiva, ou medo, etc.'
- aquilo que você estiver sentindo no momento -
inspirando e expirando,
entrando o ar e preenchendo os pulmões e
saindo o ar e esvaziando os pulmões.

E, agora?

Quanto está o desconforto, de zero a dez?

Se você já estiver melhor será mais próximo de zero!

Fique em paz!



Viva com consciência!




Estou à disposição para atender você.




TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL





+55 (11) 9-6431-1500 Tim / WhatsApp




Com carinho,
Sandrah





Meditação para apreciar e usufruir diariamente do Abraço











"Precisamos de 4 abraços por dia para sobreviver. 
Precisamos de 8 abraços por dia para manutenção.
Precisamos de 12 abraços por dia para crescer."

Virginia Satir



"Por um momento
nossas vidas
e nossas almas
se tocaram."

Oscar Wilde



"O amor gera curas milagrosas. 
Amar a mim mesmo
opera milagres em minha vida."

Louise Hay



"Se você quer transformar o mundo, 
experimente primeiro promover o seu aperfeiçoamento pessoal 
e realizar inovações no seu próprio interior."

Dalai Lama






******************************************

MEDITAÇÃO PARA APRECIAR
E USUFRUIR
DIARIAMENTE DO ABRAÇO





Você sabe quais os benefícios do abraço?


Abraçar contribui com o sistema imunológico,
cura a depressão,
reduz o estresse,
é revigorante,
é rejuvenescedor,
induz o sono e
não tem efeitos colaterais desagradáveis.


Além de tudo isso... é ecologicamente correto!


É naturalmente doce, orgânico, sem agrotóxicos,
sem conservantes, sem ingredientes artificiais,
não engorda e é 100% natural e saudável.


E... economicamente sustentável,
porque não necessita de bateria
e é recarregável com a utilização,
ou seja, quanto mais você abraça
mais você é abraçado:
é reembolsável.

Não exige pagamentos mensais,
não sofre tributação,
é à prova dos índices de inflação, 
não consome a sua energia e além disso,
recarrega a sua energia sem fio,
é à prova de roubo, é não poluente
e por aí vai...


 Abraçar todos os dias é perfeito!


Há uma grande quantidade de evidências científicas
em relação à importância do abraço
e o contato físico com o timo.



Timo...

Você conhece a glândula timo?

No meio do peito, bem atrás do osso
onde a gente toca quando diz "eu",
fica uma pequena glândula chamada timo.

Seu nome em grego "thýmos" significa energia vital.


Precisa dizer mais?



 Ao tocar o timo, buscamos uma força,
uma confiança para agir e conquistar uma meta,
e um alento e conforto para o coração e a alma.


O timo regula o sistema imunológico,
o sistema de defesa do organismo,
encarregado de detectar e repelir a invasão
de diferentes tipos de micro organismos
(vírus, bactérias, fungos, protozoários, vermes, etc.)
e também é muito sensível a imagens, cores, luzes,
aromas, sabores, gestos, toques, sons, palavras,
pensamentos e sentimentos
e o amor e o ódio o afetam profundamente.




Preste atenção:

Pensamentos e ideias negativas
têm mais poder sobre o timo
do que vírus ou bactérias.


Em compensação:

Pensamentos e ideias positivas
conseguem do timo uma ativação geral
em todos os seus poderes.




O detalhe curioso é que o timo fica encostadinho no coração,
que acaba ganhando todos os créditos
em relação a sentimentos, emoções, decisões,
jeito de falar, jeito de escutar,
estado de espírito e aconchego da alma,
e produção de bem estar e felicidade.




E...

Como estimular o timo?



Pela manhã, ao levantar, ou à noite, antes de dormir
experimente esse simples exercício:


1. Fique de pé, os joelhos levemente dobrados.
A distância entre os pés deve ser a mesma dos ombros.
Ponha o peso do corpo sobre a planta dos pés e os dedos
e não sobre o calcanhar,
e mantenha toda a musculatura bem relaxada.

2. Feche qualquer uma das mãos e
comece a dar leves 'toquinhos' contínuos
com os nós dos dedos no centro do peito,
marcando um pequeno ritmo:
um leve 'toquinho' forte e dois mais fracos
ou outro ritmo que seja mais confortável para você.

3. Continue com esse ritmo por três a cinco minutos,
respirando calmamente,
enquanto observa a vibração produzida
em toda a região torácica,
ocorre uma reverberação da sensação de bem-estar
que em poucos minutos se expande por todo o corpo.

4. A respiração é muito importante nesse exercício.

5. O exercício estará atraindo sangue e energia para o timo,
fazendo-o crescer em vitalidade
e beneficiando também pulmões, brônquios,
coração, rins, baço e todo o corpo em geral.





Você vai encher o peito de algo que já era seu
e só estava esperando um olhar de reconhecimento
para se transformar em coragem, calma,
nutrição ou aconchego emocional, abraço. 



Bendito Timo!



E... agora...

Vamos um pouquinho mais adiante?




Vamos começar com uma pergunta:
o que é autoestima?

É a opinião e o sentimento que cada pessoa tem por si mesma.

E isso inclui ser capaz de se respeitar, confiar e gostar de si.
exatamente como se é aqui e agora, neste momento,
sem as famosas palavrinhas:
' mas ', ' se ', ' quando ', ' enquanto ',
' até que ', ' assim que '... e outras.



Fácil?

Nãoooooooo...

Nem um pouco.




Mas podemos aprender a nos gostar,
aliás se o fizermos tudo tem tendência a melhorar
e o melhor caminho é 
através do autoconhecimento e do diálogo interno, 
através da Consciência.




A autoestima surge da autoimagem positiva que temos de nós, 
é algo que construímos de forma pró-ativa. 

A autoestima não se constrói na passividade, 
nem quando pensamos que vem de acontecimentos exteriores, 
a autoestima desenvolve-se no mundo real. 

O que se pretende é uma construção sólida, 
e isto só é possível a partir do nosso interior.

A autoestima baixa, geralmente, está relacionada 
a falsos valores e crenças adquiridos desde a infância. 




As características da baixa autoestima são:


* insegurança,

* inadequação,

* perfeccionismo,

* dúvidas constantes,

* incerteza de quem se é, desconhecimento de Si mesmo,

* visão negativa e destrutiva de Si mesmo,

* sentimento de não ser capaz de realizar nada, 
o que leva muitas vezes à depressão,

* excesso de autocobrança, autocrítica, autojulgamento,
e não se permite errar,

* necessidade de agradar sempre, 
ser ' a boazinha ' ou ' o bonzinho ',

* necessidade de aprovação e reconhecimento externos 
das outras pessoas,

* e outras.





O que diminui a autoestima?


* autocobranças, autocríticas e autojulgamentos,

* sentimento de culpa,

* sentimentos de abandono ou rejeição,

* carências,

* sentimentos de frustração ou decepção,

* vergonha,

* inveja, orgulho, vaidade,

* timidez,

* insegurança,

* medo,

* humilhação,

* raiva,

* perdas e dependência financeira ou emocional,

* e outras.






Responda a essas questões relacionadas a baixa autoestima:


* Você pensa excessivamente sobre si mesmo?

* Você se analisa porque razão você é do jeito que é?

* Você tem medo da adversidade?

* Você vive com angústia diante das questões para resolver? 

* Você assume uma postura de alienado 
ou em oposição aos seus pais 
ou figuras de autoridade em geral?

* Você não sorri facilmente? 

* Você tem uma visão negativa 
ou desesperançada de si mesmo, 
da sua família ou até da sociedade?

* Você sente-se muito cansado, sem motivação? 

* Você costuma estar relutante ou incapaz de definir 
e alcançar os seus objetivos?

* Você sente dificuldade de ficar com você mesmo? 

* Você prefere ficar sozinho do que conhecer novas pessoas 
e estar com os outros?

* Você afasta as pessoas ou se afasta das pessoas? 

* Você tem dificuldade em fazer e manter amigos?

* Você evita olhar nos olhos dos outros? 

* Você tem dificuldade em confiar 
verdadeiramente nas pessoas?

* Você tem dificuldade de intimidade e afeto?

* Você recusa-se a assumir riscos? 

* Você sente-se carente e tem uma tendência a apegar-se 
à falsa independência?

* Você cria situações negativas?

* Você, em casos extremos, pode ser anti-social 
ou talvez até violento?

* Você fala para si mesmo e de si mesmo de forma negativa? 

* Você não diz a verdade?  

* Você não mantém a sua palavra? 

* Você não perdoa a si mesmo ou aos outros? 

* Você não tem empatia ou compaixão?






O nível e a qualidade da autoestima, 
embora correlacionados, não são sinônimos. 

A autoestima pode ser elevada, mas frágil 
como por exemplo: narcisismo,
ou a autoestima pode ser baixa, porém segura 
como por exemplo: humildade.





Aumentar a autoestima implica 
algumas mudanças de comportamento. 

O comportamento vai mudando com a prática e a intenção. 

A autoestima é uma realização, 
um processo que energiza e lhe dá motivação, 
e desenvolve-se com a experiência das coisas que fazemos. 

A autoestima é a experiência 
de ser capaz de enfrentar os desafios e promover a felicidade.





Para elevar a autoestima é preciso:


* Consciência de Si,

* autoconhecimento,

* gostar da imagem refletida no espelho,

* identificar as qualidades e não só os defeitos,

* aprender com as experiências passadas,

* tratar-se com amor e carinho,

* ouvir a intuição (o que aumenta a autoconfiança),

* manter um diálogo interno,

* acreditar que merece ser amado(a) e é especial,

* fazer todo dia algo que o deixe feliz
podem ser coisas simples como: 
dançar, ler, descansar, ouvir música, 
conversar com um amigo, caminhar.






Resultados da autoestima elevada:


* ficar mais à vontade em oferecer e receber elogios
e expressões de afeto,

* os sentimentos de ansiedade e insegurança diminuem,

* harmonia entre o que sente ( interior ) 
e o que expressa ( exterior ),

* a necessidade de aprovação diminui,

* maior flexibilidade diante das situações
e acontecimentos do dia a dia,

* autoconfiança elevada,

* aumento do amor por Si mesmo,

* satisfação pessoal sem as palavrinhas:
' mas ', ' se ', ' quando ', ' enquanto ', ' até que ', ' assim que ',

* maior desempenho profissional,

* relações saudáveis,

* paz interior,

* e outros.




A qualidade da autoestima
pode ser indiretamente avaliada 
de várias formas:


* em termos de sua constância através do tempo 
( = estabilidade ),

* em termos de sua independência ao se apresentarem 
condições particulares ( = não-contingência),

* em termos de quão entranhada ela esteja a nível psicológico 
( = inquestionabilidade ou automaticidade ).






Os quatro pilares da autoestima são:


1. Autoaceitação: 

uma postura positiva com relação a si mesmo,
o que inclui elementos
como estar satisfeito e de acordo consigo mesmo, 
respeito a si próprio, 
ser ' um consigo mesmo '
e se sentir em casa no próprio corpo.


2. Autoconfiança: 

uma postura positiva com relação 
às próprias capacidades e desempenho,
o que inclui as convicções de saber 
e conseguir fazer as coisas, 
de fazê-lo bem, 
de conseguir alcançar algum objetivo, 
de suportar as dificuldades e de poder prescindir de algo.


3. Competência social: 

é a experiência de ser capaz de fazer contatos,
o que inclui saber lidar com as outras pessoas, 
sentir-se capaz de lidar com situações difíceis, 
ter reações flexíveis, 
conseguir sentir a ressonância social dos próprios atos, 
saber regular a distância ou proximidade com outras pessoas.


4. Relacionamento social: 

estar ligado em uma rede
de relacionamentos positivos,
o que inclui uma relação satisfatória com o parceiro(a)
e com a família,
ter amigos, estar à disposição deles e poder contar com eles
( = equilíbrio entre dar e receber ), 
e ser importante para outras pessoas.




Os dois primeiros pilares representam 
a dimensão intrapessoal da autoestima, 
os dois outros sua dimensão interpessoal. 



Esta meditação reflexiva,
pode, se você quiser, ser feita
sentando-se em frente a um espelho
ou em pé se for mais confortável para você.

De preferência com a visualização de seu corpo inteiro
onde você vai conversar consigo mesmo
- pode ser em voz alta ou em silêncio -,
olhando nos seus olhos refletidos no espelho
essas conversas serão sempre 
com o seu melhor amigo (a):

V o c ê   m e s m o (a) !





E o objetivo é que através da conversa consigo mesmo:


* você se torne atento e consciente das próprias emoções,
 sentimentos, sensações, percepções, intuições,
necessidades físicas e corporais, 
mentais, emocionais e espirituais,

* você se relacione respeitosa e amorosamente consigo mesmo, 

* e que você cuide de si mesmo.






Todos nós seres humanos temos autoestima 
porque é um recurso nato, 
alguns a encontram com maior facilidade, 
outros demoram um pouco mais, 
e o fazem quando olham para dentro de si mesmos.

E quando isso acontece,
ela se manifesta na forma de uma luz
que guia e ilumina a nossa caminhada.




Bom reencontro consigo mesmo diante do espelho!

Boas conversas consigo mesmo diante do espelho!



Agradeça por tudo o que você é,
exatamente como é, agora:
um ser humano especial !



Reverencie todo o aprendizado que teve até agora,
todas os acontecimentos, situações e fatos, 
e pessoas envolvidas,
t u d o
exatamente como foi e como é
faz parte do seu processo evolutivo!


Boa meditação!



Bom abraço!

Se abrace!

Abrace outras pessoas!

Aprecie e usufrua do abraço!

Abraço!

Abraçar!




E... para você: aquele abraço!


Muitos abraços!




Por Sandrah Belleza Novelli









Acesse também:



Integração entre Feminino e Masculino
e Reencontro com a Criança Interior










Meditação para Consciência
de nossa Luz e de nossa Sombra








Meditação através da Consciência
Personalizada e Especial para Você






http://www.sandrahbellezanovelli.com/p/meditacao-atraves-da-consciencia.html









TERAPEUTA DE FREQUÊNCIA VIBRACIONAL






 +55 (11) 9-6431-1500 Tim / WhatsApp 



 Estou à disposição para atender você! 

 Aguardo o seu contato. 

 Com carinho,
Sandrah